0

Criciúma sofre empate no fim e pode cair para o Z2

16 mar 2018
21h22
atualizado às 23h43
  • separator
  • comentários

O Criciúma sofreu um forte golpe na noite dessa sexta-feira. Diante de 2.655 torcedores, no estádio Heriberto Hülse, o Tigre viu a vitória escapar no finalzinho do duelo contra o Brusque e agora pode acabar a 14ª rodada do Campeonato Catarinense dentro da zona de rebaixamento. O empate por 1 a 1 também não era o que os visitantes precisavam a cinco partidas do fim da primeira fase, mas acabou se tornando lucro diante das circunstâncias.

Com o ponto somado, o Criciúma chegou aos 14, na sétima colocação, e terá de secar Hercílio Luz e Inter de Lages para não cair para o Z2 e terminar a rodada do Estadual na penúltima colocação.

O Brusque também não vive situação confortável. Já são três jogos sem vitória, 17 pontos somados, o que deixa a equipe, pelos menos temporariamente, na sexta posição.

A noite começou promissora para os donos da casa, que pressionaram durante todo o primeiro tempo e foram premiados com um gol de Zé Carlos aos 30 minutos, depois do goleiro Dida sair mal da meta.

Os três pontos pareciam garantidos quando o Brusque arrancou a igualdade, já aos 44 minutos da etapa final, com Luizinho, aproveitando rebote de Luiz, depois de finalização de Douglas Silva.

Apesar do balde de água fria, o Criciúma terá de se recuperar rápido, porque na próxima quarta o desafio será fora de casa, contra o Avaí, na Ressacada. No mesmo dia, o Brusque jogará como mandante diante do Tubarão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade