PUBLICIDADE

Corinthians x Flamengo: Willian e Vidal se reencontram 15 anos depois na Libertadores

Meia-atacante e volante chileno duelaram no Sul-Americano sub-20 de 2007 e tiveram carreira de sucesso na Europa

2 ago 2022 - 05h11
Ver comentários

Dois dos protagonistas de Corinthians e Flamengo, Willian e Arturo Vidal se conhecem há um bom tempo e têm semelhanças em suas carreiras. Os dois surgiram com destaque para o futebol quase que no mesmo período, tiveram um jornada de êxito na Europa e hoje defendem as camisas de times de massa. Eles entram em campo nesta terça-feira com a missão de liderar paulistas e cariocas, que duelam nas quartas de final da Libertadores.

O primeiro jogo é na casa do Corinthians, a Neo Química Arena. O duelo de volta, daqui a uma semana, dia 9, será no Maracanã porque o Flamengo fez campanha superior à do rival alvinegro na fase de grupos do torneio continental. A equipe paulista persegue seu segundo título continental, enquanto que o time carioca, finalista em 2021, vai atrás de sua terceira conquista.

Willian, de 33 anos, e Vidal, 35, despontaram no futebol há pouco mais de 15 anos. Em 2007, os dois se encontraram pela primeira vez no Sul-Americano sub-20, torneio disputado em Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

O Brasil, de Willian - e também, de Cássio e Fagner - foi campeão daquele torneio, e o Chile, defendido por Vidal, ficou em quarto. O hoje volante do Flamengo foi um destaques do campeonato. Fez seis gols - dois deles em cima do Brasil no empate em 2 a 2 - e terminou como vice-artilheiro. Apenas o uruguaio Cavani balançou as redes mais vezes: sete. Aquela seleção chilena também colocou sob os holofotes Gary Medel e Alexis Sánchez.

Willian e Vidal são da mesma geração e podem se orgulhar de terem brilhado no futebol europeu. Os dois, aliás, deixaram seus países de origem para atuar no Velho Continente no mesmo ano: em 2007. Meses depois do Sul-Americano, o meia foi vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e o volante trocou o Colo Colo pelo Bayer Leverkusen, da Alemanha. Em 2014, cabe lembrar, os dois se enfrentam na Copa do Mundo. A seleção brasileira, treinada por Felipão, levou a melhor nos pênaltis.

O brasileiro alcançou sucesso sobretudo no Chelsea, no qual atuou por sete anos. Também defendeu Anzhi, da Rússia, e o Arsenal, antes de regressar no ano passado ao time que o revelou. "É um jogador desiquilibrador, que pode decidir um jogo a qualquer momento. Não tem um histórico de muitos gols na carreira, mas é um jogador de criar para os outros", resumiu Vítor Pereira, que tenta trabalhar para que o meia-atacante deslanche sob seu comando.

O chileno teve momentos de destaque principalmente na Juventus. Também passou por Bayern de Munique, Barcelona e Inter de Milão antes de vestir a camisa do Flamengo, o diz ser um sonho realizado.

Clássico das Multidões na Libertadores

O Clássico das Multidões, que reúne as duas maiores torcidas do país, definirá o primeiro clube brasileiro semifinalista da Libertadores 2022. Do outro lado da chave duelam Palmeiras e Atlético-MG. O Corinthians joga as quartas após dez anos. A equipe de Vitor Pereira conquistou a vaga ao eliminar o hexacampeão Boca Juniors, na Bombonera, em disputa de pênaltis.

Ainda invicto no torneio, o Flamengo passou pelo Tolima com tranquilidade na fase anterior. Venceu na Colômbia por 1 a 0 e aplicou uma goleada histórica no Rio de Janeiro: 7 a 1, com quatro gols de Pedro.

Será o quinto encontro entre as equipes pelo torneio. Em 1991, pela fase de grupos, empate por 1 a 1 e vitória do Flamengo em São Paulo. Pelas oitavas de final de 2010, um triunfo para cada lado (1 a 0 para o Fla no Maracanã e 2 a 1 para o Corinthians no Pacaembu), mas o time rubro-negro levou a melhor pelo critério do gol qualificado e ficou com a vaga.

O Corinthians não terá mais uma vez o zagueiro Raul Gustavo, que trata lesão muscular, e o meio-campista Renato Augusto, ainda em recuperação de um problema na panturrilha. O Flamengo jogará com o que tem de melhor. Dorival Junior vai repetir a escalação que tem usado em mata-matas. Vidal, assim, começa entre os reservas.

CORINTHIANS X FLAMENGO

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Balbuena, Gil (Bruno Méndez) e Lucas Piton; Cantillo, Du Queiroz e Maycon; Willian, Adson (Gustavo Mosquito) e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.

FLAMENGO: Santos, Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia, João Gomes, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Pedro e Gabriel. Técnico: Dorival Júnior.

Juiz: Patricio Loustau (Argentina).

Horário: 21h30.

Local: Neo Química Arena.

TV: SBT e Conmebol TV.

Estadão
Publicidade
Publicidade