2 eventos ao vivo

Corinthians tenta frear boa fase do Grêmio para se afastar do risco de queda

Time alvinegro aposta na marcação-pressão para voltar a fazer gols no tricolor gaúcho, o que não marca consegue desde junho de 2018

22 nov 2020
05h11
atualizado às 05h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A ameaça do rebaixamento voltou a rondar o Corinthians após dois jogos sem vitórias no returno do Brasileirão. Apenas dois pontos acima do primeiro do grupo da degola, a equipe terá de findar a ótima fase do Grêmio, às 20h30, na Neo Química Arena, para não correr riscos de novamente voltar à zona de rebaixamento.

O Corinthians recebe o Grêmio no último jogo da rodada. Ou seja, já saberá dos resultados da concorrência. Pode entrar em campo pressionado, já na degola, ou beneficiado e podendo abrir distância do perigo.

O problema é o ataque funcionar diante do Grêmio. São mais de dois anos sem um mísero gol. Desde julho de 2018 que o Corinthians não faz um gol no time gaúcho. Na oportunidade, ganhou por 2 a 1. Depois, foram três empates sem gol e duas derrotas por 1 a 0.

Durante a semana, Vagner Mancini trabalhou muito a marcação sob pressão para tentar roubar a bola perto do gol de Vanderlei e acabar com o incômodo jejum. Também ensaiou contragolpes em velocidade.

O Corinthians busca a primeira vitória no segundo turno. Antes, somou empate na casa do Atlético-GO e caiu em Itaquera diante do líder Atlético-MG, por 2 a 1. Além do jejum de gols, o Corinthians ainda vai encarar um rival empolgado. São 11 partidas seguidas sem derrota dos comandados de Renato Gaúcho, com oito vitórias seguidas.

Mancini terá os retornos de Fábio Santos, Xavier e Otero, ausentes diante do Atlético-MG. Reforçado, espera surpreender mais um gaúcho. A última vitória ocorreu diante do Internacional, também em Itaquera. Ramiro se recupera de lesão e não tem escalação confirmada.

Renato Gaúcho vai usar uma escalação alternativa na visita ao Corinthians. O Grêmio está com a cabeça nas oitavas de final da Copa Libertadores e tentará encostar nos líderes do Brasileirão, mesmo com alguns titulares sendo preservados.

O ataque, por exemplo, deve ser totalmente reserva em Itaquera. Diego Souza, Pepê e Ferreira podem ganhar um descanso. Churín será o centroavante. Luiz Fernando pode atuar na meia, com Everton sendo escalado mais adiantado.

O Grêmio apresentou o chileno Pinares na sexta-feira. E já pode promover sua estreia diante do Corinthians. Ele está à disposição e disputa uma vaga desde o início com Isaque.

Depois de defender a Colômbia nas Eliminatórias, Orejuela retorna à lateral direita. Kannemann, que estava com a Argentina, forma a zaga com David Braz. O estrangeiro está, suspenso na Libertadores e desfalca os gaúchos diante do Guaraní, quinta-feira, no Paraguai.

O Grêmio não perde faz 11 jogos, ganhou cinco dois últimos seis no Brasileirão e subiu para a sétima posição no começo da rodada. Com 33 pontos, a meta é somar mais três para colar nos primeiros colocados.

São cinco jogos de invencibilidade diante do Corinthians, sem nenhum gol sofrido. Em todos, Pedro Geromel era um dos zagueiros. Neste domingo ele também não joga. A missão de manter os ótimos números da defesa e o jejum recai em David Braz.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Gil, Marllon e Fábio Santos; Gabriel, Xavier, Ramiro (Léo Natel), Luan e Otero; Davó. Técnico: Vagner Mancini.

GRÊMIO - Vanderlei, Orejuela, David Braz, Kannemann e Cortez; Lucas Silva, Thaciano; Luiz Fernando, Isaque (Pinares) e Everton; Diego Churín. Técnico: Renato Gaúcho.

ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira (RN).

HORÁRIO - 20h30.

LOCAL - Neo Química Arena.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade