0

Corinthians tem primeiro treino com bola do ano e susto de zagueiro

4 jan 2018
19h08
atualizado às 19h11
  • separator
  • comentários

O Corinthians fez na tarde desta quinta-feira o seu primeiro treino com bola da pré-temporada, logo no segundo dia após a reapresentação dos atletas, vindos das férias. Com 32 jogadores em campo, o técnico Fábio Carille conseguiu dar bastante intensidade ao trabalho, mesmo debaixo do forte sol da capital paulista, sendo surpreendido apenas pelo zagueiro Yago, que deixou a atividade antes do encerramento.

O jogador, que retornou de empréstimo à Ponte Preta na última temporada, saiu da movimentação ainda na metade, reclamando de dores no músculo posterior da coxa esquerda. Após uma breve conversa com o médico do clube, Julio Stancati, ele deixou o gramado caminhando lentamente em direção ao hotel do CT Joaquim Grava, aparentando certo abatimento. Caso haja alguma lesão, ele provavelmente será cortado do elenco que viaja para os Estados Unidos, no domingo.

Além do defensor, o atacante Carlinhos e o volante Camacho foram outros a serem atendidos pelo médico, mas de forma mais rápida, após divididas. As disputas, aliás, aconteceram de forma pouco comum para um grupo que não realizava atividades do tipo desde o final de novembro. Contente pela dedicação, Carille elogiou diversas vezes os nomes que mais apareceram, como o volante Gabriel e o zagueiro Pedro Henrique.

O destaque individual, porém, ficou por conta do meia Rodriguinho. Com boa movimentação e em aparente boa forma, ele fez boa dupla com Jadson em uma das quatro equipes divididas por Carille. Além deles, a equipe tinha Balbuena, Fagner, Figueiredo; Gabriel e Danilo. O adversário desse conjunto era formado por Pedro Henrique, Mantuan, Guilherme Romão; Jean, Júnior Dutra, Giovanni Augusto e Lucca.

Postados em campos bastante reduzidos, os times tinham o objetivo de trocar passes curtos e chegar a pequenos gols delimitados por cones, com três destes em cada lado. No lance mais impressionante, Rodriguinho passou facilmente pela marcação de Jean e, na corrida, conseguiu proteger a chegada de Romão para anotar um dos tentos.

Em outro campo determinado pela comissão técnica, logo ao lado, enfrentaram-se times formados por oito jogadores. O primeiro tinha Léo Santos, Léo Principe, Filipe (goleiro); Camacho, Pedrinho, Fellipe Bastos, Maycon e Kazim. O adversário teve Yago, Warian, Moisés; Paulo Roberto, Romero, Marquinhos Gabriel, Clayson e Carlinhos.

Os goleiros Caíque França e Cássio, que terminaram o trabalho com o preparador Mauri Lima mais cedo, foram adicionados ao treino na segunda metade, atuando como curingas. Após três avisos de que faltavam apenas "alguns minutos" para o encerramento, Carille enfim encerrou o treinamento com quase duas horas de duração.

As ausências ficaram por conta do zagueiro Vilson, em recuperação de uma cirurgia no joelho esquerdo, do goleiro Walter, que trata um rompimento do tendão do músculo adutor da coxa direita, e o volante Renê Júnior, que soluciona os últimos problemas burocráticos para poder aparecer no gramado com o uniforme corintiano.

Concentrados no CT até a manhã de sábado, os jogadores voltam a treinar nos dois próximos dias sexta-feira em dois períodos. A última movimentação antes da viagem aos EUA será no domingo pela manhã, quando Carille definirá os nomes que viajarão para a disputa da Copa Flórida, nos dia 10, contra o PSV-HOL, e 13, frente ao Rangers-ESC.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade