0

Corinthians revê o Santo André um ano após "lição" em Itaquera

8 fev 2018
20h23
atualizado em 9/2/2018 às 09h23
  • separator
  • 0
  • comentários

O Corinthians, atual campeão paulista e brasileiro, entra em campo mais uma vez pelo campeonato estadual na noite desta sexta-feira, pré-Carnaval, encarando a equipe do Santo André, às 19h (de Brasília), no Bruno José Daniel, duelo que poderia ser apenas mais um para um time com vaga encaminhada na próxima fase da competição. Trata-se, porém, do reencontro do Timão com o rival responsável pelo primeiro grande baque do ano passado.

Visto como uma lição pelo técnico Fábio Carille, que acabara de ser efetivado no comando da equipe, o embate diante do Ramalhão no dia 11 de fevereiro de 2017, em Itaquera, deu-lhe indícios de qual seria a melhor receita para o restante do ano. No revés por 2 a 0 diante da Fiel, o treinador começou a ver quem poderia ser mais útil a ele no decorrer da temporada.

Titulares naquele dia, o lateral esquerdo Moisés, o volante Fellipe Bastos e o meia Marlone perderam muito espaço devido à má atuação, ainda que tenham ganhado certa sobrevida na sequência. Guilherme, que entrou no segundo tempo, caiu ainda mais na preferência do comandante pelo desempenho apático. Romero, por outro lado, ganhou pontos pela dedicação, mesmo com o revés, e não saiu mais da equipe depois daquilo.

O ponto mais importante, no entanto, foi Jô. Depois de desperdiçar um pênalti, ele foi cobrado para melhorar seu desempenho físico e virou até reserva de Kazim. Momento visto como essencial para sua superação no decorrer do ano. "Ele sabia que precisava melhorar, e todos viram como ele melhorou depois daquilo", explicou o técnico Fábio Carille em entrevista à Gazeta Esportiva, ainda no ano passado.

Já estabelecido e provado depois do glorioso 2017, Carille, líder do Grupo A com 12 pontos, agora tenta usar o embate contra o time do ABC para dar cada vez mais uma nova cara à sua equipe. Dono de quatro vitórias consecutivas, o Timão terá uma nova chance para Pedro Henrique, Juninho Capixaba e Júnior Dutra, novidades em relação ao último ano, seguirem provando seu valor.

"Estamos numa sequência de quatro vitórias, sempre dá confiança. Vamos buscar outra em Santo André. Até para dar tranquilidade, porque mata-mata quem termina primeiro decide em casa", disse o zagueiro, autor do gol da vitória sobre o Novorizontino, na última rodada, que terá pela primeira vez a sombra de Henrique. Contratado para ser o substituto de Pablo, o experiente defensor foi relacionado e ficará no banco de reservas.

Do outro lado, o time da casa busca sua primeira vitória no torneio, mesmo com boas atuações na competição. Com apenas uma derrota, para o Palmeiras, fora de casa, o time acumulou quatro empates nos outros duelos, incluindo difíceis embates frente ao São Bento, em Sorocaba, e ao Ituano, em Itu. Com quatro pontos, o time é o terceiro colocado do Grupo B, atrás de São Paulo (10) e Ponte Preta (7).

Em campo, o destaque fica por conta do volante Tinga, ex-Palmeiras, que fará seu segundo jogo pelo Ramalhão. "Estou trabalhando muito forte ao lado dos meus companheiros e não via a hora de entrar em campo. Foi uma estreia boa, me senti bem, mas tenho consciência de que o entrosamento vem com o tempo e a cada jogo devemos evoluir", apontou o meio-campista.

FICHA TÉCNICA

SANTO ANDRÉ X CORINTHIANS

Local: estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)

Data: 09 de fevereiro, sexta-feira

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Salim Fende Chavez

Assistentes: Anderson Coelho e Fábio Baesteiro

SANTO ANDRÉ: Neneca; Jonathan Bocão, Domingos, Suéliton e Paulinho; Dudu Vieira, Tinga, Flávio e Walterson; Joãozinho e Lincom

Técnico: Sérgio Soares

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel, Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson; Júnior Dutra

Técnico: Fábio Carille

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade