PUBLICIDADE

Corinthians derrota o Fluminense em casa, volta a vencer e pressiona o Palmeiras

Time perde Willian logo no começo, mas se reabilita após tropeço para o Sport e se mantém firme na luta por vaga direta na Libertadores

13 out 2021 23h22
| atualizado às 23h22
ver comentários
Publicidade

O Corinthians não jogou bem, mas fez o suficiente para vencer o fraco Fluminense por 1 a 0 nesta quarta-feira, na Neo Química Arena, e alcançar os mesmos 4o pontos do Palmeiras no Brasileirão - perde o quinto lugar no número de vitórias. O time se reabilitou da derrota para o Sport e se mantém firme na luta por vaga direta na Copa Libertadores de 2022.

Em casa, o Corinthians começou a partida pressionando o Fluminense, mas sofreu um duro golpe logo aos 6 minutos: Willian sentiu um desconforto na coxa esquerda e teve de sair da partida. O meia-atacante, que retornava ao time depois de não jogar contra o Sport justamente por causa desse problema, deixou o campo chorando.

O time paulista rondava a área dos cariocas, mas não conseguia concluir com eficiência. João Victor e Gil perderam boas chances. O Flu assustou a primeira vez com Luiz Henrique após um escanteio, mas a cabeçada saiu torta, sem direção. Pouco depois, Bobadilla chutou da grande área e Cássio encaixou.

O problema do Corinthians era dar espaços ao adversário. Em uma dessas ocasiões, Yago Felipe puxou o contra-ataque e encontrou Caio Paulista livre na área. O atacante bateu forte e Cássio fez grande defesa, evitando o gol. Na sequência, Luiz Henrique tentou acertar o ângulo do goleiro corintiano, e errou por pouco.

Apesar do domínio territorial e maior tempo de posse de bola - terminou a primeira etapa com 61% -, o Corinthians não era perigoso. Chegou mais uma vez com um chute cruzado de Fagner, para fora, e mais nada.

O primeiro tempo não foi muito atrativo e a segunda etapa começou da mesma maneira. Sem criatividade e lento, o Corinthians não conseguia sair da forte marcação do Flu. Os cariocas, por sua vez, não encaixavam jogadas em velocidade.

Custou, mas o Corinthians fez uma boa jogada e foi recompensado com o gol. Mosquito, que substituíra Willian, cruzou da esquerda e encontrou Gabriel Pereira livre. O garoto bateu de primeira, sem defesa.

Depois do gol, o Corinthians se fechou, deixou o Fluminense ficar com a bola, mas soube bloquear as investidas e contou com Cássio na única vez que correu risco, com boa defesa num lance em que João Victor desviou para trás um cruzamento de Danilo Barcelos.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1x0 FLUMINENSE

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Gil, João Victor e Fábio Santos; Cantillo (Gabriel), Guiliano, Renato Augusto (Vitinho) e Willian (Gustavo Mosquito); Gabriel Pereira (Adson) e Róger Guedes. Técnico: Sylvinho.

FLUMINENSE - Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, David Braz e Danilo Barcelos; André, Yago Felipe (Cazares) e Nonato (Martinelli); Luiz Henrique (Arias), Bobadilla (John Kennedy) e Caio Paulista (Abel Hernández). Técnico: Marcão.

GOLS - Gabriel Pereira, aos 23.

JUIZ - Marielson A. Silva (BA).

CARTÕES AMARELOS - Danilo Barcelos, Fagner.

PÚBLICO - 12.045 (total).

RENDA - R$ 604.926,60.

LOCAL - Neo Química Arena.

Estadão
Publicidade
Publicidade