PUBLICIDADE

Santos e São Paulo têm grupos fáceis na Sul-Americana; Atlético-GO pega pedreira

Fluminense, Atlético-GO, Cuiabá, Ceará e Internacional são os outros representantes brasileiros na competição

25 mar 2022 14h27
| atualizado às 14h27
ver comentários
Publicidade

Santos e São Paulo escaparam de rivais de maior peso e devem ter vida mais tranquila na fase de grupos da Copa Sul-Americana. O sorteio realizado nesta sexta-feira apontou um caminho mais complicado para Atlético-GO e Cuiabá, enquanto Internacional e Fluminense vão encontrar uma trajetória intermediária em nível de dificuldade.

O problema maior do São Paulo no Grupo D estará fora de campo. Serão as longas e desgastantes viagens para enfrentar os limitados Jorge Wilstermann (Bolívia), Ayacucho (Peru) e Everton (Chile).

Já o Santos, que não faz boa campanha na temporada - não obteve vaga nas quartas de final do Campeonato Paulista -, poderá ter alguma dificuldade no Grupo C frente ao Banfield (Argentina), mas Universidad Católica (Equador) e Unión La Calera (Chile) são rivais bem acessíveis.

O Fluminense, que não conseguiu vaga na fase de grupos da Libertadores, terá pela frente no Grupo H como principal obstáculo às oitavas de final o Júnior Barranquilla (Colômbia). Oriente Petrolero (Bolívia) e Unión de Santa Fe (Argentina) também estão na chave.

O Independiente de Medellín (Colômbia) promete ser o maior adversário do Internacional na briga pelo primeiro lugar do Grupo E. Os gaúchos também vão encarar9 de Octubre (Equador) e Guaireña (Paraguai).

No Grupo F, o Atlético-GO terá seu 'grupo da morte', juntamente com Defensa Y Justicia (Argentina), campeão da Recopa Sul-Americana em 2021 e a tradicional LDU (Equador). Antofagasta (Chile) faz parte da chave.

O Cuiabá está no Grupo B, com Racing (Argentina), Melgar (Peru), River Plate (Uruguai). O Ceará deverá brigar diretamente com o Independiente (Argentina) pelo primeiro lugar no Grupo G.Deportivo La Guaira (Venezuela) e General Caballero (Paraguai) deverão ser apenas figurantes.

Apenas o primeiro de cada grupo vai avançar para o mata-mata das oitavas de final, após a disputa das seis rodadas. Os terceiros colocados de cada chave da Libertadores vão entrar direto nas oitavas de final da Sul-Americana. A final será no dia 1º de outubro de 2022, no Mané Garrincha, em Brasília.

Confira abaixo os grupos da Copa Sul-Americana:

Grupo A - Lanús (Argentina), Montevideo Wanderers (Uruguai), Metropolitanos (Venezuela) e Barcelona (Equador);

Grupo B - Racing (Argentina), Melgar (Peru), River Plate (Uruguai) e Cuiabá (Brasil);

Grupo C - Santos (Brasil), Unión La Calera (Chile), Banfield (Argentina) e Universidad Católica (Equador);

Grupo D - São Paulo (Brasil), Jorge Wilstermann (Bolívia), Ayacucho (Peru) e Everton (Chile);

Grupo E - Internacional (Brasil), Independiente de Medellín (Colômbia), 9 de Octubre (Equador) e Guaireña (Paraguai;

Grupo F - LDU (Equador), Defensa Y Justicia (Argentina), Atlético-GO (Brasil) e Antofagasta (Chile);

Grupo G - Independiente (Argentina), Deportivo La Guaira (Venezuela), Ceará (Brasil) e General Caballero (Paraguai);

Grupo H - Júnior Barranquilla (Colômbia), Oriente Petrolero (Bolívia), Unión de Santa Fe (Argentina) e Fluminense (Brasil).

Estadão
Publicidade
Publicidade