0

Maracanã lidera disputa para receber final da Libertadores de 2020

Estádio deverá ser confirmado como palco da decisão em jogo do único do torneio

17 out 2019
04h41
atualizado às 07h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), fará parte da comitiva da CBF que estará na sede da Conmebol, no Paraguai, nesta quinta-feira para participar da reunião do Conselho da entidade que definirá os palcos das finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana de 2020. O Maracanã é favorito para receber a decisão em jogo único da próxima Libertadores e só não será confirmado se ocorrer um imprevisto de última hora.

A confiança na escolha do estádio é tão grande que o governador do Rio tem até brincado em público sobre a decisão da Conmebol. "Vamos mais uma vez fortalecer a candidatura do Rio para ser a sede não da final da Libertadores, mas do tricampeonato do Flamengo em 2020. No ano que vem o Maracanã faz 70 anos e tenho certeza de que vai ser uma festa maravilhosa. Desculpem a brincadeira, mas quando eu nasci, Deus falou: 'esse rapaz nasceu corintiano, mas vamos dar uma melhorada nele, dar uma alma rubro-negra, e assim ele vai ser mais feliz'", chegou a dizer Witzel.

A Libertadores deste ano está na fase semifinal. De um lado, Boca Juniors e River Plate disputam uma vaga; do outro, Flamengo e Grêmio brigam para chegar à grande final. As partidas de volta serão realizadas na próxima semana.

A Conmebol passou a adotar este ano a final única de seus principais torneios de clubes. A decisão da Libertadores será no dia 23 de novembro no estádio Nacional de Chile, em Santiago, e a Sul-Americana vai ser decidida no estádio General Pablo Rojas, em Assunção, no Paraguai. O jogo estava marcado para o estádio Nacional de Lima, no Peru, mas mudou de local por falha na organização dos peruanos, que tentarão receber a partida no próximo ano.

O Conselho da Conmebol que decidirá as cidades-sede das finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana é formado por Alejandro Domínguez (Paraguai), Laureano González (Venezuela), Claudio Tapia (Argentina), Ramón Jesurún (Colômbia), Rogério Caboclo (Brasil), Robert Harrison (Paraguai), César Salinas (Bolívia), Sebastián Moreno (Chile), Francisco Egas (Equador) e Ignacio Alonso (Uruguai).

Consultores técnicos da Conmebol visitaram os estádios candidatos na Argentina, no Peru e no Brasil. Segundo a entidade, os critérios avaliados pelos técnicos foram: visão, conceito e legado da proposta, características técnicas do estádio e campos de treinamento, requisitos de segurança, mobilidade e acomodação e aspectos sociais, políticos, ambientais e comerciais.

Estádios candidatos à final da Libertadores

  • Mario Kempes (Córdoba, Argentina)
  • Mineirão
  • Arena do Grêmio
  • Beira-Rio
  • Maracanã
  • Morumbi
  • Arena Corinthians
  • Nacional (Lima, Peru)

Candidatos para a decisão da Copa Sul-Americana

  • Mario Kempes (Córdoba, Argentina)
  • Único (La Plata, Argentina)
  • Mané Garrincha
  • Nacional de Lima

Veja também:

Pandemia tira a máscara do falso profissionalismo dos árbitros de futebol
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade