0

Love desencanta no Corinthians e também explica gol perdido

28 fev 2019
00h30
atualizado às 00h30
  • separator
  • 0
  • comentários

Vagner Love entrou no segundo tempo da partida contra o Racing na vaga de Clayson e mudou o jogo para o Corinthians. Além de deixar a equipe paulista mais incisiva no ataque, o camisa 9 também foi o responsável pelo gol de empate do Timão dentro de El Cilindro em um belo voleio de canhota. Foi seu primeiro gol desde que retornou ao time que o consagrou campeão Brasileiro em 2015.

"Feliz de ter feito o primeiro gol nessa minha volta, graças a Deus deu tudo certo para nós. Sabíamos da dificuldade aqui, o Racing tem uma excelente equipe, não à toa está brigando pelo título no seu país. Sabíamos que tínhamos de ser agressivos, tivemos tranquilidade para buscar e, raças a Deus, conseguimos a classificação nos pênaltis", disse, em entrevista coletiva logo após o jogo.

Dos pés de Love também por pouco não saiu o gol da virada alvinegra. A jogada de Pedrinho pela ponta direita deixou Gustagol na boa para lançar Love no lado oposto. Cara a cara, sem marcação, o atacante corintiano acabou passou da bola, sofrendo com o gramado e parando no goleiro Arias.

"Lance rápido, conseguimos acertar um belo contra-ataque, o Gustavo foi muito feliz no passe e eu não tão feliz na conclusão. Ela (a bola) deu um 'quiquezinho' ali antes deu finalizar, mas o goleiro teve muito mérito, tentei jogar no contrapé, ele fez uma excelente defesa. Poderíamos ter definido a partida, não aconteceu, mas a classificação foi o mais importante", concluiu o melhor jogador do Corinthians no tempo regulamentar, porque depois Cássio foi o destaque nos pênaltis.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade