1 evento ao vivo

Corinthians vai esperar "até o limite" para definir substituto de Gabriel

28 fev 2019
20h39
atualizado às 20h39
  • separator
  • comentários

Classificado nas competições de mata-mata e na liderança do seu grupo do Campeonato Paulista após um intenso mês de fevereiro, o Corinthians agora se organiza estrategicamente para a sequência da temporada. Uma das pendências é o volante Gabriel, em recuperação de lesão até o começo do Campeonato Brasileiro, abrindo a possibilidade de uma substituição na lista de inscritos do Estadual. Ainda não há, porém, qualquer definição de quem ficaria com a vaga.

Por ter uma contusão que se estende durante todo o período do torneio, Gabriel pode ser substituído "mediante a apresentação dos laudos comprobatórios do tempo de recuperação", algo que não será problema. Com uma desinserção do tendão do músculo adutor da perna direita, o camisa 5 seguramente precisará de mais de 50 dias de recuperação, período restante do Estadual.

Dessa forma, o técnico Fábio Carille ganhou a possibilidade de incluir um outro atleta na lista A, que reserva 26 vagas a atletas não oriundos das categorias de base. Como pode fazê-lo até a qualquer momento, de preferência até a última rodada da fase de grupos, marcada para 20 de março, o treinador ainda não definiu qual seria o nome escolhido e vai esperar "até o limite", de acordo com o que apurou a reportagem da Gazeta Esportiva.

Além de Caíque França, Renê Júnior, Romero e Marquinhos, preteridos inicialmente, ele ganhou outras duas opções recentemente. O Alvinegro anunciou oficialmente o zagueiro Bruno Méndez nesta quinta-feira, após definir sua classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana. O meia Régis, que já treina no CT Joaquim Grava, deve ser o próximo.

Sendo assim, Carille precisa escolher entre seis atletas para substituir o meio-campista. Ainda que a alteração na relação possa ser feita até a final do torneio, não faria sentido esperar tanto para isso. A Federação Paulista de Futebol permite quatro trocas simples já no começo do mata-mata, por exemplo. Nomes pouco utilizados, como o atacante André Luís, são substituições quase certas.

Para a Copa Sul-Americana, que só terá continuação em maio, Gabriel será mantido. O clube consultou a Conmebol para saber se pode, além de realizar as três trocas previstas em regulamento, complementar a relação inicial com mais um atleta. Devido à falta de tempo hábil para inscrever Júnior Urso, o Alvinegro teve apenas 29 dos 30 atletas disponíveis para encarar o Racing-ARG.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade