0

Com dois gols de André, Sport bate Arsenal na Ilha do Retiro

6 jul 2017
23h45
atualizado às 23h46
  • separator
  • comentários

O Sport conquistou uma importante vitória na noite desta quinta-feira no confronto de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Recebendo o Arsenal de Sarandí, da Argentina, o Leão sofreu com o péssimo estado do gramado, afetado com a forte chuva que pairou sobre Recife, no entanto, se superou para garantir a vitória por 2 a 0 na Ilha do Retiro, graças aos gols de André.

Sem Vanderlei Luxemburgo à beira do gramado - o técnico teve de cumprir um jogo de suspensão restante da época em que estava à frente do Grêmio -, o Sport foi comandado pelo auxiliar técnico Júnior Lopes. Com o resultado o time pernambucano garantiu a importante vantagem para o jogo de volta, que acontece no próximo dia 27, às 19h15 (de Brasília), no estádio Julio Grondona.

O jogo - Sobre um gramado de péssimo estado, o Sport enfrentou algumas dificuldades para criar chances claras de gol nos primeiros minutos. As coisas ficaram ainda mais complicadas para o Leão quando Patrick, que recebeu forte entrada, teve de ser substituído por Rodrigo.

A primeira grande oportunidade do Sport acontece apenas aos 37 minutos do primeiro tempo. Em jogada pela direita, Éverton Felipe levou para a linha de fundo e cruzou rasteiro para dentro da área. O atacante André fez bom corta-luz, deixando para Rithely finalizar em cima do goleiro Santillo, que evitou o gol no reflexo.

No minuto seguinte o Sport voltou a assustar. Da intermediária o atacante André resolveu testar novamente o goleiro Santillo, que teve de se desdobrar para defender a bola no cantinho. Restando pouco tempo para as equipes tentarem ir para o intervalo com a vantagem no placar, o Leão ainda buscou alguma jogada que surtisse efeito, mas as péssimas condições de jogo por conta da chuva que pairou sobre Recife acabou impedindo mudanças no marcador.

O show de horrores continuou no segundo tempo. Com erros de passe constantes e finalizações de longa distância por conta do gramado ruim, o Sport enfrentava dificuldades para transformas sua superioridade na Ilha do Retiro em gols. A insistência do Leão só foi surtir efeito aos nove minutos, quando André, após chute errado de Rithely, ajeitou para Samuel Xavier, que devolveu para o atacante empurrar a bola de joelho para o fundo das redes.

Após o gol do Sport, o Arsenal saiu para o jogo e passou a dominar as ações ofensivas. Se no primeiro tempo Magrão praticamente não trabalhou, na etapa complementar o goleiro veterano ligou o alerta e fez boas defesas para frear o ímpeto dos rivais, na busca pelo empate.

A estrela de André voltou a brilhar aos 27 minutos. Em jogada pela esquerda, Mena fez a ultrapassagem e cruzou na cabeça do atacante rubro-negro, que não desperdiçou e ampliou o placar para o Leão. Daí em diante bastou à equipe pernambucana apenas administrar a partida para garantir o importante resultado na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA

SPORT 2 x 0 ARSENAL SARANDÍ-ARG

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)

Data: 06 de julho de 2017, quinta-feira

Horário: 21h45 (Brasília)

Árbitro: Gery Vargas (Bolívia)

Assistentes: Jorge Baldiviezo (Bolívia) e Roger Orellana (Bolívia)

Cartões amarelos: Velázquez, Curado, Corvalán e Milo (Arsenal); Mena (Sport)

GOLS: André, aos nove e aos 27 minutos do 2ºT (Sport)

Renda: 7.694 pessoas

Público: R$174.755,00

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Oswaldo Henríquez, Durval e Sander; Rithely, Patrick (Rodrigo), Everton Felipe e Diego Souza; André (Thallyson) e Rogério (Mena)

Técnico: Júnior Lopes (auxiliar técnico)

ARSENAL SARANDÍ-ARG: Santillo; Sergio Velázquez (Contreras), Monteseirín e Curado; Claudio Corvalán, Federico Milo, Germán Ferreyra, Emiliano Papa (Imbert) e Rolón (Fragapane); Lucas Wílchez e Brunetta

Técnico: Humberto Grondona

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade