0

Classificação do River teve "torcida" barulhenta e silêncio do Santos

26 fev 2019
23h33
atualizado às 23h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O River Plate-URU contou com a sua "torcida" para empatar com o Santos em 1 a 1 na noite desta terça-feira, no Pacaembu, e avançar para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

Os dirigentes do clube uruguaio ficaram em uma arquibancada e gritaram muito durante todo o tempo, aproveitando a ausência do público santista por determinação da Conmebol. A delegação do Peixe se posicionou em uma cabine fechada, onde não se podia ouvir.

"Conversei com a assessoria de imprensa e eles (do Santos) estavam presos na cabine, rivais do River abaixo. Estavam dentro da sala e não tinha como apoiar. Mas o clima de treino não poderia passar pela nossa cabeça, entramos buscando a vitória, sabendo que era jogo importante. Com nossa torcida, teria apoio, mas inspiração tinha que vir de nós e não da torcida", disse Jean Mota, em entrevista coletiva.

Após o apito final, os jogadores do banco e a comissão técnica do River invadiram o gramado como em um título. Eles posaram para foto em campo em uma grande comemoração.

Eliminado da Sul-Americana, o Santos voltará a campo para enfrentar o Oeste, sábado, novamente no Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade