0

Rebeca é ouro no salto e prata nas barras assimétricas da Copa do Mundo

24 nov 2018
15h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Neste sábado, só deu Rebeca Andrade. A brasileira mostrou seu melhor desempenho, na Copa do Mundo de Ginástica Artística, em Cottbus, na Alemanha, para subir no pódio não apenas uma, mas duas vezes. Ela conquistou ouro na disputa dos saltos, terminando a apresentação com 14.728 pontos, em primeiro lugar.

Rebeca ainda voltou a brilhar para levar a prata nas barras paralelas assimétricas, com 14.500 pontos. No aparelho, só ficou atrás da belga Nina Derwael.

Quem também representou o verde e amarelo no salto, em solo alemão, foi Jade Barbosa. Acumulando 13.983 pontos, Jade ficou com o sétimo posto. O lugar mais alto do pódio foi de Jimena Moreno. A mexicana foi seguida pela norte-americana Jade Carey e pela indiana Dipa Karmakar.

Na sexta-feira, as brasileiras garantiram espaço nas finais dos dois aparelhos que disputaram. Flavia Saraiva fez uma boa apresentação na trave e terminou a qualificação em primeiro lugar, com a nota 13.800. No mesmo aparelho, Rebeca terminou na sétima posição (12.966) para, também, ir à decisão.

No solo, Flavinha repetiu os 13.800 para ficar com o seguindo posto. Ela foi seguida por Jade Barbosa, com 13.533. No masculino, o único que conseguiu avançar para uma final, nesta sexta-feira, foi Arthur Nory, na barra fixa. As decisões serão no domingo.

Veja também:

Dérbi paulista e Gre-Nal prometem esquentar a quarta-feira de decisões nos estaduais
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade