0

Henrique Avancini fatura bronze em etapa da Copa do Mundo na França

15 jul 2019
11h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Brasileiro segue tendo uma temporada de destaque (Foto: Michele Mondini / CBC)

Henrique Avancini segue tendo uma grande temporada na mountain bike. Depois de um pódio inédito na etapa de Andorra da Copa do Mundo da categoria, desta vez o brasileiro conquistou a medalha de bronze em Les Gets, na França.

Com tempo de 1h22min48s, Avancini ficou atrás do suíço Nino Schurter, que cravou 1h22min10s, e do italiano Gerhard Kerschbaumer, que anotou 1h22min14s.

"Cinco anos atrás , na França, eu conquistava meu primeiro top 25 numa etapa da Copa do Mundo.

Ontem terminei em 3º, liderei, ataquei, subi para 2º na geral do Campeonato e me chamam de "um dos tops"…Tem sido um longo e duro processo até chegar nesse ponto. Hoje eu posso dizer com propriedade que é muito difícil continuar acreditando depois de falhar repetidas vezes. Mas que devemos continuar crendo… Vale muito a pena!", comemorou o ciclista em sua conta oficial no Instagram.

Ver essa foto no Instagram

5 anos atrás , na França, eu conquistava meu primeiro top 25 numa etapa da Copa do Mundo. Ontem terminei em 3º, liderei, ataquei, subi para 2º na geral do Campeonato e me chamam de "um dos tops"… Tem sido um longo e duro processo até chegar nesse ponto. Hoje eu posso dizer com propriedade que é muito difícil continuar acreditando depois de falhar repetidas vezes. Mas que devemos continuar crendo… Vale muito a pena! . . 5 years ago in France, I scored my first top 25 on a World Cup. Yesterday I led the race, finished in 3rd, moved up to 2nd on GC and Im called as one of "the big guys". It was a long and hard process to get to this point… Today I can look back and assure that it's not easy to keep believing after failing so many times. But I'm a living prove that we must keep on trying. It's worth to believe! 🙏🏼 📷 @marcelorypl

Uma publicação compartilhada por Henrique Avancini (@avancinimtb) em

Com o resultado, Henrique Avancini segue vivo rumo ao pódio no Mundial de Mont Sainte-Anne, no fim de agosto, e também continua sendo um dos favoritos para as Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

No feminino, a melhor participação brasileira ficou por conta de Raiza Goulão, que terminou na 65° posição. O título ficou com a norte-americana Kate Courtney, que foi seguida pela suíça Jolanda Neff e pela alemã Elisabeth Brandau.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade