PUBLICIDADE

Fifa divulga primeira música oficial da Copa do Mundo do Catar

1 abr 2022 10h22
| atualizado às 14h43
ver comentários
Publicidade

A Fifa divulgou nesta sexta-feira a primeira música oficial da Copa do Mundo do Catar, que acontece neste ano. O som, que recebe o nome de Hayya Hayya (Better Togheter), possui influências do R&B e do reggae e conta com a participação do norte-americano Trinidad Cardona, do ícone do Afrobeats, Davido, e da sensação do Catar, Aisha.

A apresentação pública de estreia da faixa ocorre ainda nesta sexta, durante o sorteio que definirá os grupos do torneio mundial, às 13 horas (de Brasília). A música, porém, já está disponível em diversas plataformas musicais e também no canal oficial da Fifa, no YouTube.

"Ao reunir vozes das Américas, África e Oriente Médio, essa canção simboliza como a música, e o futebol, podem unir o mundo. Como parte da estratégia musical renovada da Fifa, a trilha sonora com várias músicas aproximará os fãs apaixonados do espírito da Copa do Mundo como nunca antes", disse o diretor comercial da entidade, Kay Madati.

A música é a primeira de uma seleção de singles que serão lançados ao longo dos próximos meses, à medida que a competição se aproxime. O Mundial tem início previsto para o dia 21 de novembro deste ano.

"Quando ouvi a música pela primeira vez, fiquei instantaneamente de bom humor. É uma celebração, incorpora tudo o que a Copa do Mundo representa. Pessoas de todo o mundo se unindo, e eu simplesmente amo essa mensagem", declarou o artista Trinidad Cardona.

"Eu cresci em todo o mundo. E quanto mais eu viajava, mais percebia que somos todos um, um povo, um mundo. Então, quando isso veio a mim, eu entrei de cabeça. Fazer parte deste evento que reúne o mundo inteiro e fazer parte desta música? Como eu poderia dizer não?", acrescentou Davido.

Esta será a primeira vez que o torneio terá uma trilha sonora que contará com uma seleção de músicas, tendo a participação de artistas internacionais e diversos gêneros musicais.

"Sou abençoada e honrada por existir nestes tempos emocionantes, onde posso testemunhar e fazer parte desse grande marco para meu país, o Qatar. A mensagem de união e alegria da música ressoou em mim, pois a alegria estava presente conosco durante toda a jornada de fazer essa música", finalizou Aisha.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade