1 evento ao vivo

Aguirre vê Brasil favorito na Copa e Suárez como melhor uruguaio da história

31 mai 2018
15h28
  • separator
  • comentários

Faltando 13 dias para o início da Copa do Mundo, o técnico Diego Aguirre colocou o Brasil como um dos cotados para levantar a taça. O técnico do São Paulo destacou a força coletiva da equipe verde e amarela, exaltando especialmente o trabalho realizado por Tite.

"Não tenho dúvida nenhuma (sobre o favoritismo do Brasil). Hoje o Brasil é um time, não joga em função de uma individualidade e sim em função de todos os jogadores. E para isso, Tite fui fundamental, porque na cabeça dele, ele tem um grupo. Fez esse grande trabalho e rapidamente fez o Brasil voltar a ser candidato (ao título) como é historicamente nas Copas do Mundo", pontuou em entrevista ao Sportv.

O uruguaio também falou sobre os melhores jogadores do mundo e do Uruguaio. Aguirre vê Lionel Messi no topo, já que ele tem a capacidade de transformar um time médio em algo maior, como no caso da Argentina. Na sequência, o treinador coloca Cristiano Ronaldo e vê Neymar assumir o posto dentro de dois ou três anos.

Quanto ao seu país, Aguirre não exitou em apontar Luís Suarez como o melhor jogador uruguaio de todos os tempos. "Aconteceu muita coisa na história do Uruguai, no Maracanã, nos anos 1950. Mas para mim, Luis Suárez (é o melhor). Pelo que tem feito na seleção, no Barcelona… acho que nenhum outro jogador uruguaio conseguiu", exaltou.

Quanto ao seu trabalho no São Paulo, o técnico se disse feliz e que quer conquistar títulos. Além disso, exaltou a parada para Copa e a importância desta visando a sequência da temporada: "É muito importante para nós, vamos ter quase um mês para trabalhar, o que não tivemos. Faz dois meses e meio que eu e minha comissão estamos em São Paulo e é pouco tempo, é muito jogo… então vamos aproveitar os treinamentos. A parada para a Copa vai ser muito importante, e com certeza vamos continuar melhorando", completou.

Por fim, Aguirre ainda comentou sobre o futuro, revelando que sonha em treinar a seleção uruguaia algum dia - lembrando que é possível a aposentadoria de Óscar Tabarez da seleção após o Mundial e o técnico do Tricolor seria um dos cotados para o cargo:

"Algum dia pode ser. Sempre tem (especulação). Trabalhei na seleção com Tabárez, no processo de formação da seleção, e é normal falarem. Algum dia… Assumir a seleção é o máximo pelo orgulho do que significa ser o treinador do seu país", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade