2 eventos ao vivo
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Seleção brasileira olímpica é convocada com Pedrinho, Antony e Rodrygo

Lista vai afetar diretamente Santos, Corinthians, São Paulo, Fluminense, Atlético-MG, Grêmio e Athletico-PR

15 mai 2019
13h28
atualizado às 16h34
  • separator
  • 0
  • comentários

De olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, o técnico André Jardine fez nesta quarta-feira a sua primeira convocação à frente da seleção brasileira olímpica. E, com uma lista recheada de jogadores que atuam em solo nacional, vai desfalcar diversos times brasileiros. A convocação deve até antecipar a despedida de Rodrygo no Santos. O corintiano Pedrinho e o são-paulino Antony também estão na lista.

Ao todo, ele convocou 22 atletas de até 22 anos para a disputa do Torneio Internacional Maurice Rivello, que era chamado de Torneio de Toulon, na França. Será a primeira competição preparatória da equipe de olho no Torneio Pré-Olímpico, que será disputado em janeiro, na Colômbia - a competição vai classificar duas seleções para a Olimpíada.

O torneio francês será disputado entre 1 e 15 de junho. Porém, os jogadores já vão se apresentar no dia 27 deste mês, o que vai aumentar a lista de desfalques dos times no Brasileirão, na Copa do Brasil e até na Copa Sul-Americana.

A maior baixa deve ser a de Rodrygo, que deixará o Santos no meio do ano para reforçar o Real Madrid. Com a convocação, a despedida será antecipada. Assim, o jovem atacante deve jogar sua última partida com a camisa do Santos no dia 26, no duelo contra o Internacional, na Vila Belmiro, pela 6ª rodada do Brasileirão.

O Corinthians também terá motivos para se preocupar nestas últimas rodadas do Brasileirão antes da parada para a disputa da Copa América. Pedrinho e Mateus Vital foram convocados para a equipe olímpica. Devem, portanto, desfalcar o time paulista em cinco partidas, incluindo o jogo da volta contra o Flamengo, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e o clássico com o Santos, pelo Brasileirão, no dia 12 de junho. A dupla também perderá a volta contra o Deportivo Lara, pela Copa Sul-Americana.

Já o São Paulo não poderá contar com o atacante Antony em quatro partidas, incluindo a partida contra o Bahia, pela volta das oitavas na Copa do Brasil. O Fluminense perderá o atacante Pedro por cinco confrontos, sendo o primeiro deles a partida de volta contra o Atlético Nacional, na Colômbia, pela Sul-Americana. Outro duelo importante nesta lista será o clássico com o Flamengo, pelo Brasileirão.

O Atlético-MG terá a baixa do lateral Guga também por cinco jogos. A equipe mineira sofrerá a baixa na volta da Sul-Americana, contra o Unión La Calera, e na volta da Copa do Brasil, contra o Santos. Pelo Grêmio, o meia Matheus Henrique será desfalque em quatro duelos, tanto pela Copa do Brasil quanto pelo Brasileirão. E o lateral Renan Lodi perderá cinco jogos do Athletico-PR, incluindo o jogo da volta da Recopa Sul-Americana, contra o River Plate.

Outro destaque da lista de Jardine é o zagueiro Lyanco, que também atua como volante. Atualmente no Bologna, ele tem ascendência sérvia e até já defendeu a equipe sub-19 desta seleção nas Eliminatórias da Eurocopa da categoria. Com a convocação, ele volta a ser chamado para times da base da seleção brasileira.

No Torneio Maurice Rivello, a seleção brasileira vai estrear no dia 2 de junho, contra a Guatemala. Três dias depois, enfrentará a anfitriã França. No dia 8, será a vez de jogar contra o Catar, no encerramento da primeira fase. Também estarão na competição as seleções de Japão, Chile, Inglaterra, Portugal, China, Bahrein, Irlanda e México.

"Entendemos a importância de estarmos iniciando este trabalho rumo aos Jogos Olímpicos, o que também é a busca pela manutenção da nossa medalha de ouro. Estamos indo com uma equipe forte, acreditamos bastante no potencial e experiência desses jogadores para atingirmos um bom nível de atuações rapidamente", afirmou o técnico André Jardine.

Confira a lista dos jogadores convocados:

Goleiros: Lucão (Vasco), Lucas Perri (Crystal Palace) e Ivan (Ponte Preta);

Defensores: Gabriel (Lille), Murilo Paim (Cruzeiro), Luiz Felipe (Lazio), Lyanco (Bologna), Emerson (Betis), Guga (Atlético-MG), Iago Borduchi (Internacional) e Renan Lodi (Athletico-PR);

Meio-campistas: Douglas Luiz (Girona), Thiago Maia (Lille), Tabata (Portimonense), Wendel (Sporting), Mateus Vital (Corinthians) e Matheus Henrique (Grêmio);

Atacantes: Pedrinho (Corinthians), Matheus Cunha (RB Leipzig), Rodrygo (Santos), Antony (São Paulo) e Pedro (Fluminense).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade