2 eventos ao vivo

Renato exalta posse de bola do Grêmio, mas admite poucas finalizações

16 ago 2018
09h00
  • separator
  • comentários

Mesmo com a derrota e a eliminação da Copa do Brasil para o Flamengo, na última quarta-feira, o técnico Renato Portaluppi demonstrou confiança em sua equipe visando o restante da temporada. "É difícil, mas o Grêmio calou o Maracanã. A torcida só gritou antes da partida e na hora do gol. Ficaram calados o tempo todo por saber da força do Grêmio. O Grêmio jogou os 90 minutos, não massacrou o Flamengo, mas mostrou que é muito forte. Vão ser poucos, contra um Maracanã lotado, que vão ter 67% da posse bola", declarou o treinador.

O comandante gremista admitiu que faltou chances claras de gol. "Faltou aquele último passe. Tivemos chances boas, principalmente no início do segundo tempo. Só que não finalizamos e o Flamengo conseguiu o objetivo dele", constatou.

Renato negou equívoco na sua estratégia de usar reservas no Brasileirão, enquanto o Flamengo tem utilizado titulares em todas as competições.

"Alguém apostaria que o Grêmio ia ganhar as três competições? Temos duas competições em que seguimos muito bem. Vamos decidir a classificação na frente da nossa torcida na Libertadores e mesmo jogando com times diferentes estamos fortes no Brasileiro", observou.

O próximo compromisso do tricolor gaúcho é no sábado, contra o Corinthians, na Arena, em São Paulo, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão, ao contrário do Grêmio, passou para as semifinais da Copa do Brasil ao eliminar a Chapecoense na Arena Condá.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade