PUBLICIDADE

Grêmio vai entrar com mandado no STJD contra Flamengo

Presidente afirma que clube vai 'esgotar todas as instâncias jurídicas' para impedir time carioca de realizar jogo de volta com público

14 set 2021 10h52
| atualizado às 11h28
ver comentários
Publicidade

A poucas horas do jogo de volta entre Flamengo e Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil, a partida pode ganhar novos contornos na Justiça. O tricolor gaúcho vai entrar no Superior Tribunal de Justiça Deportiva (STJD) com um mandado de garantia de ordem personalíssima do clube para garantir que o confronto seja realizado sem a presença do público, assim como no primeiro embate entre as equipes.

Grêmio e Flamengo voltam a jogar pela Copa do Brasil (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Grêmio e Flamengo voltam a jogar pela Copa do Brasil (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Foto: LANCE!

"O Grêmio entrará com todas as medidas processuais cabíveis para garantir a validade do regulamento da Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, decidido por seus respectivos conselhos técnicos", disse Romildo Bolzan Junior, presidente do clube gaúcho.

No dia 8 de setembro, a Prefeitura do Rio de Janeiro aceitou a solicitação do Flamengo e liberou a presença de público em três jogos da equipe a partir do dia 15 deste mês, incluindo a partida contra o Grêmio pela Copa do Brasil. Uma reunião na última quarta-feira entre 19 dos 20 clubes da Série A decidiu que o Brasileirão seguirá sem público em setembro. O rubro-negro carioca, apoiado uma liminar obtida junto ao STJD, não enviou representante. Os clubes planejam acionar o próprio STJD para derrubar a liminar.

"Vamos lutar até o final do ponto de vista processual para prevalecer o coletivo que decidiu. Assim acredito na reversão porque está e a decisão dos clubes. O conselho técnico decidiu retornar quando todas as praças estivem aptas. Está também é a minha posição pois isonômica e igualitária", afirma Romildo.

O Grêmio chegou a ser orientado pelo setor jurídico do clube a não entrar em campo caso o Flamengo coloque torcida nas arquibancadas. Entretanto, o mandatário gremista afirma que esta possibilidade não está mais em pauta e o clube vai "esgotar as instâncias jurídicas" para impedir a realização do jogo com o público.

Grêmio e Flamengo se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã. Na ida, o time carioca goleou por 4 a 0, fora de casa. O jogo marcou o reencontro de Renato Gaúcho, atual comandante do time do Rio, com o tricolor de Porto Alegre.

Estadão
Publicidade
Publicidade