PUBLICIDADE

Fluminense e Atlético-MG disputam vaga na semifinal da Copa do Brasil em novo confronto no Rio

Três dias após se enfrentarem pelo Campeonato Brasileiro em São Januário, equipes disputam partida de ida das quartas de final do torneio no Engenhão

26 ago 2021 08h24
| atualizado às 08h38
ver comentários
Publicidade

Três dias depois, Fluminense e Atlético-MG voltam a se enfrentar às 21h30 desta quinta-feira, desta vez pela ida das quartas de final da Copa do Brasil. O novo confronto será disputado no Engenhão, no Rio de Janeiro, e encontra as duas equipes com ânimos e contextos bem distintos.

Esta será a segunda partida seguida entre os dois times, que jogaram na segunda-feira, pelo Brasileirão, quando empataram por 1 a 1 em São Januário, no Rio de Janeiro. Embora só tenha transcorrido apenas três dias depois daquele jogo, a situação de cada equipe muda para o confronto desta quinta.

Isso porque o Flu divide sua atenção somente com o Brasileirão, onde está mais preocupado em escapar do rebaixamento do que em buscar conquistas. É apenas o 16º colocado, uma posição acima da zona da degola. A Copa do Brasil, portanto, é a única chance de título para a equipe carioca nesta temporada.

Mas o esforço terá que ser grande. O Flu vem de cinco jogos sem vitória, incluindo uma dolorosa eliminação nas quartas de final da Copa Libertadores. A sequência causou a demissão de Roger Machado. O auxiliar Marcão é o treinador interino. Neste contexto, o empate com o Atlético, líder do Brasileirão, foi até celebrado pelo time carioca.

Para esta quinta, o mandante terá o reforço do meia colombiano Jhon Arias, contratado recentemente, e do atacante Caio Paulista, recuperado de lesão. Ambos devem começar no banco de reservas. O único desfalque de peso é Paulo Henrique Ganso, que se reabilita de cirurgia por fratura no braço direito.

Do outro lado, o Atlético lamentou o empate de segunda e deve entrar em campo sem a mesma disposição do rival carioca. O time mineiro vive boa situação nas três competições que disputa. Está na semifinal da Libertadores e lidera com folga o Brasileirão - tem 6 pontos de vantagem sobre o vice-líder Palmeiras.

Apesar disso, Cuca garante que o Atlético não trata a Copa do Brasil como coadjuvante em sua temporada. "Prioridade é o próximo jogo, é quinta-feira a Copa do Brasil. Não fica em segundo plano. Eu, particularmente, não penso em prioridade nenhuma, ainda que a Libertadores esteja bem mais afunilada, a três jogos de ser campeão", afirma o treinador.

O bom momento no ano será testado contra um rival geralmente indigesto para o Atlético. O time mineiro não vence o Flu no Rio de Janeiro há seis jogos, em seis anos. Ao mesmo tempo, não perde do rival carioca há cinco jogos, disputados ao longo dos últimos três anos.

Para esta quinta, Cuca não terá o volante Jair e o lateral-direito Mariano, ambos machucados. O zagueiro Nathan Silva também será baixa por já ter defendido outro clube na competição, o Atlético-GO. Réver e Igor Rabello são as opções do treinador para o jogo desta quinta.

O confronto da volta da Copa do Brasil está marcado para 16 de setembro, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Estadão
Publicidade
Publicidade