2 eventos ao vivo
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Em vantagem, Santos pega o Papão para avançar na Copa do Brasil

9 mai 2017
20h04
atualizado às 20h04
  • separator
  • comentários

Após jogos ruins e a eliminação precoce no Campeonato Paulista, o Santos conviveu com críticas em boa parte do primeiro semestre. Aos poucos, porém, a equipe comandada por Dorival Júnior parece começar a 'encaixar' na temporada. Na última semana, o Peixe bateu o Santa Fe por 3 a 2 no Pacaembu e deu um passo importante para passar de fase na Libertadores. Mas antes disso, o alvinegro também luta para avançar em outro torneio, mais precisamente a Copa do Brasil, onde encara o Paysandu, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio do Mangueirão, em Belém, no Pará.

Mesmo sem ser brilhante no confronto de ida contra o Papão, no último dia 26 de abril, o Santos venceu por 2 a 0, na Vila Belmiro, e conquistou uma boa vantagem para o duelo desta quarta. Afinal, o Peixe pode perder por até um gol de diferença que mesmo assim avança para as quartas do torneio mata-mata.

Apesar da superioridade no placar, os santistas têm pregado respeito ao Paysandu. "Sabemos que lá (Belém) tem o apoio da torcida deles. Já joguei por aqueles lados e sei que a torcida influencia bastante. Temos que nos defender bem e sair fortes nos contra-ataques", explicou Jean Mota.

O santista, inclusive, será uma das novidades do técnico Dorival Júnior contra o Papão. Suspenso na vitória sobre o Santa Fe, Mota foi substituído por Matheus Ribeiro nas últimas duas partidas. O lateral ambidestro, porém, não encantou o comandante e voltará ao banco de reservas.

Meia de origem, Jean Mota já tinha assumido o posto de lateral-esquerdo após a saída do titular Zeca, lesionado desde o início de abril, depois do jogo contra a Ponte Preta, nas quartas do Paulistão.

Outra mudança na equipe será a entrada de Cleber Reis. Ele assume a vaga de David Braz. Isso porque o titular da zaga santista sentiu dores na coxa esquerda durante o treino do último sábado, e, após passar por exames, foi vetado pelo departamento médico.

Com apenas essas duas alterações, o Peixe deve entrar em campo com: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cleber Reis e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Papão perde invencibilidade, mas vem de conquista

Antes de encarar o Santos no duelo de ida, no último dia 26 de abril, na Vila Belmiro, o Paysandu vinha de uma invencibilidade que durava 15 partidas. Na época, o time comandado por Marcelo Chamusca ostentava o fato de estar há mais tempo sem perder no ano entre todas as equipes que disputam as Séries A, B e C do Brasileirão.

Porém, a sequência foi findada após o revés por 2 a 0 para o Peixe. Além disso, o Papão também perdeu por 3 a 1 pelo Luverdense, na última quinta-feira, na Arena Pantanal, pelo jogo de ida da final da Copa Verde.

Apesar das duas derrotas, a equipe de Belém espantou de vez o momento de instabilidade ao bater o Remo por 2 a 1, no domingo passado, no Mangueirão, e conquistar o Campeonato Paraense pelo segundo ano consecutivo.

"São quatro meses aqui de muita dedicação e entrega de todos. Nesses quatro meses eu vi minha família uma semana, apenas. As dificuldades me motivaram mais e mais. Isso não faz baixar a cabeça. E é bom que se diga que o verdadeiro torcedor nunca abandonou o clube. Esse título é dos jogadores e da torcida. Agora vou trabalhar bastante para reverter os resultados que estão engasgados (Santos e Luverdense)", disse o técnico Marcelo Chamusca.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU X SANTOS

Local: Estádio do Mangueirão, em Belém, no Pará

Data: 10 de maio de 2017, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro

Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha

PAYSANDU: Emerson; Ayrton, Gilvan, Perema e Hayner; Augusto Recife, Rodrigo Andrade e Diogo Oliveira; Leandro Carvalho, Bérgson e Alfredo

Técnico: Marcelo Chamusca

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cleber Reis e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Técnico: Dorival Júnior

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade