6 eventos ao vivo
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Chará pede mudança de atitude e vê time atleticano 'muito otimista'

Após perder por 3 a 0 na ida das quartas de final, Atlético-MG enfrenta o Cruzeiro nesta quarta-feira, no Independência

16 jul 2019
19h15
atualizado às 19h15
  • separator
  • 0
  • comentários

O atacante Chará afirmou nesta terça-feira que o time do Atlético-MG precisa ter uma mudança de atitude para poder reverter a boa vantagem do Cruzeiro no confronto de volta das quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta, às 19h15, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

O jogador reconheceu que a equipe alvinegra ficou devendo um postura melhor no duelo de ida do mata-mata, na semana passada, no Mineirão, onde os cruzeirenses venceram por 3 a 0 e deram um importante passo para avançar à próxima fase da competição. Agora, porém, o atleta colombiano ressaltou que os atleticanos estão confiantes na possibilidade de conquistar um placar elástico diante do rival e ir às semifinais do torneio.

"O placar é complicado, mas a gente está acreditando, fazendo bons treinos e vamos tratar de fazer o melhor em campo. A atitude vai ser muito importante para o resultado", afirmou Chará, em entrevista coletiva na Cidade do Galo, onde também comentou o fato de os ingressos para o jogo desta quarta-feira já terem se esgotado.

"O torcedor e, nós jogadores, estamos acreditando. É difícil, mas é futebol e qualquer coisa pode acontecer", destacou.

Já ao ser questionado por um repórter sobre o que a equipe comandada pelo técnico Rodrigo Santana precisa fazer para avançar na Copa do Brasil, o atacante respondeu: "A atitude de todo o time tem de ser diferente, para poder fazer um bom jogo e chegar mais no campo deles. É um jogo difícil, complicado, mas estamos fazendo todo o possível para ter um bom jogo. A nossa atitude foi muito baixa no jogo no Mineirão. O importante é ter muita profundidade, acho que no jogo no Mineirão faltou isso. O time tem de ser mais atrevido e ir mais para cima. A atitude vai ser muito importante neste jogo".

E Chará voltou a enfatizar que o clima é de otimismo pela classificação ao ser indagado sobre o estado anímico dos seus companheiros de time antes destas semifinais. "Cada jogador sabe o que tem de fazer dentro de campo. Temos de ter muita conversa, trabalhar, orientar, saber o que a gente está fazendo. Os torcedores, o clube, estamos todos muito otimistas. Então, os jogadores têm de representar em campo", pediu.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade