0
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Botafogo tenta abrir vantagem sobre o Juventude na Copa do Brasil no Engenhão

Time da Estrela Solitária já está eliminado do Campeonato Carioca e foca forças no torneio nacional

4 abr 2019
07h43
atualizado às 07h43
  • separator
  • 0
  • comentários

Eliminado precocemente no Campeonato Carioca, o Botafogo tenta concentrar suas forças nas copas. O time carioca busca encaminhar sua vaga à quarta fase da Copa do Brasil nesta quinta-feira, às 21h30, no Engenhão, diante do Juventude, que também não vem realizando uma boa temporada.

O Juventude chegou a brigar contra o rebaixamento no Campeonato Gaúcho, se recuperou, conseguiu classificar, mas levou 6 a 0 do Grêmio, em um dos jogos das quartas de final. Já o Botafogo caiu antes mesmo das semifinais da Taça Guanabara e da Taça Rio. Agora se concentra na Copa do Brasil e na Sul-Americana, torneio em que passou à segunda fase após eliminar o Defensa y Justicia, da Argentina. O seu adversário vai ser definido em sorteio.

Na Copa do Brasil, o Botafogo venceu o Campinense por 2 a 0 e o Cuiabá por 3 a 0. Enquanto isso, o Juventude levou a melhor sobre o América-MG por 2 a 1. Na primeira fase, derrotou o Palmas por 1 a 0.

O técnico Zé Ricardo teve mais de uma semana para armar a Botafogo. Pressionado após o ruim desempenho no Carioca, o treinador optou pelo mistério e finalizou a preparação da equipe carioca em treinos fechados à imprensa.

A principal dúvida do treinador é no meio de campo. Jean, Gustavo Ferrareis e Luiz Fernando disputam a posição ao lado de Alex Santana e Cícero. No ataque, Zé Ricardo deve ter Erik, Rodrigo Pimpão e Diego Souza, ex-São Paulo, a contratação mais badalada do clube.

"Aumenta a pressão em cima de todo mundo. Sabemos como funciona o futebol brasileiro. Equipe grande como o Botafogo tem que esperar coisas grandes na temporada. Esperamos fazer um grande jogo com a ajuda da torcida, sabendo pressionar o Juventude. Sabemos que temos que tomar as rédeas do jogo para sair com a vitória", disse o treinador.

Marquinhos Santos também não deu muitas pistas sobre o Juventude. Após cumprir suspensão automática, Genílson retorna ao sistema defensivo e deve recuperar sua vaga entre os titulares. Ele deve jogar ao lado de Sidimar. Com isso, Victor Sallinas fica como opção no banco de reservas. Já Paulo Sérgio será a novidade no ataque.

"Temos um grande desafio pela frente. O time está em evolução e uma partida com essa magnitude pode elevar a moral dos jogadores para a sequência da temporada. Precisamos minimizar os erros para conquistar um grande resultado, mesmo jogando fora de casa", afirmou o treinador.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade