0
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Artilheiro, Bruno Henrique é elogiado por Dorival: "Pode crescer"

11 mai 2017
08h22
atualizado às 08h22
  • separator
  • comentários

Contratação mais cara da gestão Modesto Roma, Bruno Henrique vem justificando os R$ 14 milhões pagos pelo Santos ao Wolfsburg, da Alemanha. Após um começo de temporada discreto, o atacante assumiu o posto de protagonista e assumiu a artilharia da equipe comandada por Dorival Júnior, com seis gols marcados.

Na noite da última quarta-feira, no Mangueirão, Bruno Henrique brilhou mais uma vez, anotou dois tentos e foi fundamental para o triunfo santista por 3 a 1 sobre o Paysandu, que garantiu a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil.

Após a boa atuação, o camisa 27 foi elogiado pelo técnico Dorival Júnior. O comandante, porém, acredita que o atacante pode render ainda mais com a camisa do Peixe.

"Ele não vinha atuando com sequência lá fora e até readquirir o ritmo demora um pouco. É um grande jogador, ainda tem muito pra evoluir e amadurecer. Se ele mantiver o interesse, o crescimento será gradativo ao longo do ano e que tenhamos em 2018 um jogador mais completo, maduro e em condições de fazer grandes jogos no nível que possa manter", comentou o técnico.

Decisivo contra o Papão, Bruno Henrique deu um susto aos torcedores do alvinegro no segundo tempo ao ser substituído com dores na coxa direita. Depois de sair para a entrada de Thiago Ribeiro, o atacante ficou no banco de reservas com gelo no local. Porém, ele mesmo tratou de tranquilizar os santistas ao dizer que não teve um problema sério.

"Isso é por prevenção. Só uma dorzinha, desgaste do jogo contra o Santa Fe. Fiz o gelo para eliminar qualquer lesão", disse Bruno Henrique.

Com a classificação, o Santos agora vai ter um 'descanso' da Copa do Brasil. A equipe comandada por Dorival Júnior assistirá de camarote a definição dos outros confrontos das oitavas de final e só voltará a se preocupar com a competição no início de junho, quando acontece o sorteio das quartas.

Apesar disso, o Peixe segue uma maratona durante esta semana. Após o duelo contra o Papão em Belém, o alvinegro terá pela frente o Fluminense, no próximo domingo, às 11h (de Brasília), no Rio de Janeiro, na estreia do Campeonato Brasileiro. Três dias depois, os santistas viajam até La Paz, onde encaram o The Strongest, pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade