0

Sérvia perde da Áustria, embola grupo e adia definição

6 out 2017
18h01
atualizado às 18h08
  • separator
  • comentários

O grupo D das Eliminatórias Europeias segue embolado e três seleções vão para a última rodada com chances reais de ir para a Copa do Mundo. Precisando apenas vencer para garantir a vaga direta, a Sérvia decepcionou o torcedor e saiu derrotada para a já eliminada seleção da Áustria. Quem aproveitou o resultado para embolar o grupo de vez foi a Irlanda, que venceu a Macedônia por 2 a 0 e vai para o último jogo precisando vencer País de Gales, que deu um grande passo nesta sexta, vencendo a Geórgia.

Foto: Reuters

Sérvia tropeçou…

A Sérvia bem que tentou, mas o jogo não saiu como a seleção queria e a classificação para o Mundial ficou para a última rodada. Era necessário apenas vencer a seleção da Áustria, sem ambições na qualificação, mas o adversário aprontou e saiu como vencedor do confronto por 3 a 2.

O placar foi aberto pelos sérvios logo no início do jogo. Aos 11 minutos, Milivojevic fez o primeiro e colocou todo o país em expectativa. Após o gol, o time se descuidou do jogo e viu o time austríaco virar de forma categórica. Burgstaller empatou aos 25 da primeira etapa e o revés começou a se desenhar nos 45 minutos finais. Arnautovic virou aos 31, mas Matic fez questão de empatar o duelo sete minutos depois.

Com o confronto na reta final, o empate já parecia um bom resultado depois de tanta dificuldade imposta pelo adversário. Entretanto, o banho de água fria veio no minuto final, com Schaub. O triunfo não mudou nada na vida da Áustria, mas complicou a vida da seleção da Sérvia, que decidirá a classificação contra a também eliminada Geórgia.

País de Gales venceu e está na briga

Quem deu um passo importante rumo a disputa da Copa do Mundo foi a seleção de País de Gales. Gareth Bale não pôde atuar por conta de uma lesão, mas viu seus companheiros vencerem a Geórgia por 1 a 0, fora de casa, e fazer ser necessário apenas um ponto para garantir vaga na repescagem do Mundial. O último duelo reserva um confronto direto com a Irlanda, que venceu a Moldávia e alimentou as chances de ir para a Copa.

O grande nome do confronto desta sexta-feira foi o goleiro galês Hennessey, que evitou o empate e até uma vitória do time da Geórgia. O duelo foi muito disputado durante os 90 minutos e o gol salvador foi marcado no início da segunda etapa. Aos três minutos, Tom Lawrence recebeu de Ramsey, principal jogador do time com a ausência de Bale, e chutou cruzado, acertando o canto do goleiro adversário para dar o triunfo que encaminhou a classificação para a repescagem a Copa do Mundo. O primeiro tempo foi de muitas chances desperdiçadas, que se aproveitados poderiam dar mais tranquilidade.

Mesmo eliminada, a Geórgia não deixou barato o resultado e foi responsável por um verdadeiro duelo contra o arqueiro de Gales. Hennessey foi o grande vencedor com grandes defesas e intervenções cruciais que evitaram um resultado negativo. Pressionado, o time de País de Gales se viu acuado e pouco aproveitou os contra-ataques que teve a disposição.

Irlanda venceu, convenceu, e alimenta chances de ir a Copa do Mundo

Daryl Murphy. Esse foi o nome que deixou viva as chances da Irlanda se classificar para a Copa do Mundo. Em duelo crucial, a seleção venceu a eliminada e lanterna Moldávia por 2 a 0 e aproveitou a derrota da Sérvia para chegar viva na última rodada.

O confronto foi resolvido em menos de 20 minutos. Aos dois, Murphy abriu o placar e aos 19 minutos fez o segundo, se caracterizando como o nome do confronto e das esperanças irlandesas. Com o resultado positivo as chances aumentaram significativamente e uma vitória contra País de Gales coloca a Irlanda na Copa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade