0

Seleção tem que fazer um papel melhor em 2014, avisa Romário

8 jul 2010
06h47
atualizado às 12h30
Celso Paiva
Direto de Johannesburgo

O ex-atacante Romário, convidado pelo Comitê Organizador para o evento que marca o pontapé inicial da Copa do Mundo de 2014 nesta quinta-feira, em Johanneburgo, disse que a Seleção Brasileira vai precisar mostrar mais futebol quando jogar em casa do que nos dois últimos Mundiais.

Perguntado se pelo o fato de o Brasil sediar a Copa as outras seleções já estariam lutando apenas pelo segundo lugar, mandou um recado. "Sabemos que o futebol não é quem faz a festa e sim quem ganha. Temos que fazer um papel melhor do que foi feito nos últimos dois mundiais".

Depois de três finais consecutivas, tendo conquistado os títulos em 1994 e 2002, a Seleção foi eliminada na fase quartas de final nas edições de 2006 e 2010.

Romário disse ainda que o País será melhor no ano da realização do Mundial e que as pessoas vão se apaixonar. O ex-jogador tomou a palavra logo após a apresentação de um vídeo promocional sobre o Brasil na sala de entrevista do Estádio Soccer City - palco da final do próximo domingo entre Espanha e Holanda na edição organizada pela África do Sul.

"Esse vídeo que foi passado para nós demonstra o que o futebol significa para o povo brasileiro. A honra de vestir a camisa da Seleção. Existe para o povo uma esperança grande, o povo está ansioso e feliz. O Brasil até 2014 será bem diferente, bem melhor. Quem tiver oportunidade vai se apaixonar mais que antes", disse.

"Estamos esperançosos, felizes, de mostrar a nossa cara. Quem realmente o Brasil é. Essa Copa vai deixar um legado para todos nós brasileiros", completou o ex-atacante.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

Fonte: Terra
publicidade