1 evento ao vivo

Ramires nega ter trocado Seleção por jantar e pede encontro com Marin

14 jul 2013
18h55
atualizado às 19h08
  • separator
  • 0
  • comentários

O volante Ramires, do Chelsea, rebateu declarações de José Maria Marin, presidente da CBF, que disse ao jornal O Globo que um “jogador que atua na Inglaterra trocou a Seleção Brasileira por um jantar”, além de também mostrar irritação com a mulher do atleta, que classificou a equipe nacional como "uma máfia". Embora não tenha citado o nome, a  descrição do dirigente se encaixou perfeitamente em Ramires.

<p>Volante do Chelsea foi preterido na Copa das Confederações</p>
Volante do Chelsea foi preterido na Copa das Confederações
Foto: AFP

"Pelo que pude entender das declarações do Marin, eu não fui convocado para a Copa das Confederações pelo que houve em Londres e é uma pena que isso tenha acontecido. Já expliquei que foi um mal entendido entre os departamentos médicos do Chelsea e da Seleção e que não tive culpa", disse Ramires.

"Defendo a Seleção Brasileira desde 2007 e nunca me neguei a jogar pelo meu país, muito menos faria isso por causa de um jantar". 

O volante pediu ainda uma oportunidade de se encontrar com Marin e o técnico da Seleção, Luiz Felipe Scolari, para que possam esclarecer tudo.

<p>Dirigente da CBF criticou falta de comprometimento com Seleção Brasileira</p>
Dirigente da CBF criticou falta de comprometimento com Seleção Brasileira
Foto: Daniel Ramalho / Terra

"Gostaria de ter a oportunidade de conversar com ele e com o Felipão pessoalmente para explicar o que realmente houve e resolver esse assunto de uma vez por todas. Por tudo o que já fiz, seria uma decepção enorme encerrar minha trajetória na Seleção Brasileira dessa forma, com meu nome envolvido em polêmica.Tenho oito anos de carreira e graças a Deus nunca passei por isso. Espero que tudo se resolva da melhor forma possível", concluiu.

 

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade