2 eventos ao vivo

Imprensa britânica exige punição a Suárez

25 jun 2014
09h32

A imprensa britânica, que tem o atacante uruguaio Luis Suárez como um alvo habitual de suas críticas, mostrou consenso nesta quarta-feira ao pedir uma punição ao jogador pela mordida no zagueiro italiano Giorgio Chiellini.

Suarez, jogador do Liverpool, se comportou como "um animal", afirma o tabloide The Sun, enquanto o Daily Mail pede que o jogador seja transformado em um "pária".

O uruguaio pode ser punido pela mordida no ombro de Chiellini durante a vitória de 1-0 do Uruguai, na terça-feira em Natal pelo Grupo D da Copa do Mundo.

A Fifa abriu um processo disciplinar contra Suárez, que já foi punido duas vezes por morder rivais.

"Luis Suarez já foi punido duas vezes por morder, mas claramente não aprendeu", escreveu Paul Hayward, do Daily Telegraph, que pede uma punição de seis meses, não apenas para partidas da seleção, mas também de clubes.

"A Fifa deve saber que mantê-lo (no torneio) provocaria mais dano que suspendê-lo, e não apenas do futebol internacional", completa.

O colunista do jornal The Times Matthew Syed afirma que se Suárez - que segundo a imprensa pode trocar o Liverpool por Real Madrid ou Barcelona - não for severamente punido, o futebol será o grande perdedor.

"Há fundamentos para uma punição longa que envie uma mensagem clara, de que o talento nunca pode justificar o tipo de conduta que, em outras circunstâncias, levaria um homem a ficar diante de um juiz por agressão" escreveu.

O jornal The Sun faz um jogo de palavras na primeira página: "Chew dirty rat" (algo como mastiga/morde rato sujo), que retoma a expressão do filme de gangsteres 'you, dirty rat'.

O jornal também responde à acusação de Suárez, que depois dos dois gols marcados na vitória de 2-1 do Uruguai sobre a Inglaterra na Copa do Mundo afirmou que a imprensa britânica o havia desrespeitado.

"Desculpa, de que maus-tratos fala?", questiona o jornal, antes de recordar que os jornalistas esportivos escolheram o uruguaio como o melhor jogador da Premier League na temporada passada.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade