0

Descontraído e titular, Valdivia transforma bola de tênis em mamilo

13 set 2013
13h41
atualizado às 14h09
  • separator
  • comentários

Em sua primeira semana de treino no Palmeiras após ficar com a seleção chilena, Valdivia tem mostrado descontração. Depois de levar filho, afilhado e cunhado na quarta-feira à Academia de Futebol, nesta sexta-feira, antes de viajar para Minas Gerais, o meia - que será titular no sábado - apareceu com uma bola de tênis no gramado e a usou para simular um mamilo avantajado.

Antes do coletivo que confirmou sua titularidade diante do América-MG, o meia caminhou sorrindo pelo gramado da Academia de Futebol e fez algumas embaixadinhas com a pequena bola amarela. Logo depois, a colocou sob a camisa, no peito, e viu o preparador físico Fabiano Xhá entrar na brincadeira apalpando o seu "seio".

<p>Chileno brincou e foi "assediado" por preparador físico</p>
Chileno brincou e foi "assediado" por preparador físico
Foto: Djalma Vassão / Gazeta Press

Logo depois, a descontração motivada pelo camisa 10 atingiu companheiros. O meia-atacante Serginho mostrou habilidade executando embaixadinhas com a bola de tênis enquanto esperava sua oportunidade entre os titulares no treinamento.

Kleina cita qualidades para Mendieta jogar com Valdivia

A ação é uma mostra da alegria que todos os funcionários do Palmeiras apontam no chileno. Os relatos são de que o jogador mais caro do elenco se reapresentou ao clube na segunda-feira, liberado mais cedo da seleção, distribuindo sorrisos. A explicação de Valdivia para o sentimento foi a boa atuação pelo Chile na sexta-feira, como titular na vitória sobre a Venezuela que aproximou seu país da Copa do Mundo.

De acordo com o gerente de futebol do Palmeiras, Omar Feitosa, Valdivia voltou antes como parte de um acordo com os chilenos. O meia se apresentou com atraso na última pré-temporada do clube ressaltando que a seleção é a sua prioridade no ano, e foi conversado que ele estará com o time nacional nas duas últimas rodadas das Eliminatórias, contra Colômbia e Equador, em 11 e 15 de outubro.

É possível que o atleta que mais gera custo mensal ao Palmeiras não atue integralmente contra Oeste e ABC, em 1º e 5 de outubro, ambas partidas fora de casa e que antecedem à apresentação de Valdivia à seleção chilena. Para os dois jogos decisivos que podem valer vaga no Mundial, o técnico Jorge Sampaoli deseja o camisa 10 inteiro.

A situação atual também gera alegria em Valdivia. Seu último problema físico, um edema na coxa direita, só o tirou da seleção em um amistoso contra o Iraque, que não atrapalhou sua caminhada no Chile - a ponto de Sampaoli abrir mão de seu futebol no amistoso de terça-feira, contra a Espanha.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade