PUBLICIDADE

Beckenbauer responderá perguntas da investigação até dia 27

15 jun 2014 - 10h20
(atualizado às 11h10)
Ver comentários
Publicidade
Beckenbauer foi suspenso por 90 dias
Beckenbauer foi suspenso por 90 dias
Foto: AFP

O ídolo do futebol alemão Franz Beckenbauer, suspenso durante 90 dias pela Fifa, responderá até 27 de junho às perguntas do investigador que apura as suspeitas de corrupção sobre a escolha das sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Franz Beckenbauer escreveu no sábado à Fifa que responderá às perguntas da investigação da Comissão de Ética no mais tardar em 27 de junho", afirma um comunicado divulgado pelo agente do ex-jogador.

A nota explica que Beckenbauer responderá mediante um "formulário em alemão".

O agente espera que a suspensão imposta na sexta-feira seja anulada "imediatamente".

Na sexta-feira, o ex-capitão da Manschaft, que venceu a Copa do Mundo de 1974 como jogador e o Mundial de 1990 como técnico, atualmente presidente de honra do Bayern de Munique, foi suspenso de qualquer atividade relacionada com o futebol durante três meses por sua falta de cooperação, a pedido do investigador que apura as suspeitas de corrupção a respeito da atribuição dos Mundiais de 2018 e 2022 a Rússia e Catar.

Surpreendido pela suspensão, o 'Kaiser' anunciou no sábado ao jornal alemão Bild que desistiu de viajar ao Brasil para a Copa.

"O Mundial está descartado para mim, vou desistir da viagem prevista ao Brasil. Parto do princípio de que não sou bem-vindo para a Fifa", declarou Beckenbauer, de 68 anos.

Nas redes sociais, seu agente Marcus Hofl suavizou o anúncio ao afirmar que o cliente ilustre "acompanharia o desenvolvimento" do caso antes de tomar uma decisão definitiva sobre a viagem ao Brasil.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade