0

Andrés ataca Leão e diz que CBF poderia ter liberado Lucas

24 fev 2012
14h28
atualizado às 16h17

Emerson Leão se irritou por perder o meia-atacante Lucas para o clássico contra o Palmeiras no próximo domingo e desabafou por perder o jogador para amistoso da Seleção Brasileira contra a Bósnia na terça-feira. O técnico do São Paulo chegou a dizer que em reunião da CBF foi sugerido que o atleta forçasse o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Bragantino na última quarta-feira para que já estivesse suspenso. Andrés Sanchez, diretor de seleções da entidade, se irritou com as declarações de Leão e disparou contra o treinador.

» Veja fotos das obras e o que falta para os estádios da Copa de 2014

"Infelizmente ele é um irresponsável de falar um negócio desses. Quero que ele cite o nome de quem falou isso que será demitido imediatamente", disse o ex-presidente do Corinthians ao Sportv. "Ele é um mentiroso", falou o dirigente, que ainda afirmou que o São Paulo poderia ter conseguido a liberação de Lucas, repetindo o que houve com o vascaíno Dedé. "Ninguém pediu isso. Como era um clássico, se quisessem poderia ser liberado, mas ninguém fez o pedido", declarou Andrés. "Não libero mais não", complementou.

Declarações de Emerson Leão irritaram Andrés Sanchez
Declarações de Emerson Leão irritaram Andrés Sanchez
Foto: Luiz Pires/Vipcomm / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade