1 evento ao vivo

Conselheiro compara dívida do São Paulo ao Corinthians

Em 2019, o rombo nas contas do clube do Morumbi foi de R$ 156 milhões

24 jun 2020
06h08
atualizado às 08h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A crise financeira do São Paulo vai piorando a cada ano e incomoda pessoas importantes do clube. Sócio desde a década de 1940, o conselheiro Jaime Franco revelou em uma live ao jornalista Alexandre Praetzel números preocupantes de endividamento do clube, que chegou a um total de R$ 570 milhões em maio - só em 2020 alcançou o patamar de R$ 80 milhões.

Vista do estádio do Morumbi, em São Paulo
Vista do estádio do Morumbi, em São Paulo
Foto: Marcello Zambrana/Agif / Gazeta Press

Em 2019, o rombo nas contas são-paulinas foi de R$ 156 milhões. Jaime Franco recordou que o rival Corinthians teve um prejuízo maior, porém com resultados bem melhores dentro de campo.

"O Corinthians teve prejuízo de R$ 176 milhões, mas o Corinthians ganhou dez títulos nos últimos anos. Eles fizeram loucuras, mas para conquistar campeonatos.  O São Paulo fez loucuras e arrasou as finanças", comentou o conselheiro.

O último título do São Paulo foi a Copa Sul-Americana de 2012. Em torneios nacionais, o jejum vem desde o Brasileirão de 2008, quando o time ainda estava sob o  comando de Muricy Ramalho. Já em Estaduais, a taça mais recente foi levantada em 2005.

Segundo Jaime Franco, a dívida do São Paulo praticamente dobrou em menos de dois anos - o rombo registrado em dezembro de 2018 era de R$ 270 milhões. Nos últimos anos, o São Paulo tem sofrido com atrasos salariais junto ao elenco e recorrendo a empréstimos para quitar seus compromissos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade