0

Com reservas, Inter pega o Flu e tenta 1ª vitória fora de casa no Brasileirão

Com Rafael Sóbis como referência, técnico Odair Hellmann projeta time alternativo de olho na Copa do Brasil

3 ago 2019
11h37
atualizado às 11h37
  • separator
  • 0
  • comentários

Priorizando a disputa da semifinal da Copa do Brasil, o Internacional apostará novamente nos reservas no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o time gaúcho encara o Fluminense, às 19 horas, no Maracanã, e vai em busca da primeira vitória fora de casa no torneio.

Muito forte no Beira-Rio, onde está invicto há quase cinco meses, o Inter ainda não triunfou longe de seu estádio. Em cinco jogos disputados fora de Porto Alegre, a equipe gaúcha foi derrotada quatro vezes e conseguiu um empate.

"Já provamos nas outras competições nossa força fora de casa. Temos que buscar repetir isto com um time compacto, agressivo e forte. Aí teremos a boa atuação e estaremos mais próximos da vitória. Queremos ganhar fora de casa para coroar este momento do grupo", destaca o zagueiro Klaus.

Por outro lado, o desempenho em casa é extremamente positivo: seis vitórias e um empate em sete jogos, o que garantiu uma boa colocação na classificação, o sexto lugar, com 20 pontos, próximo dos primeiros colocados.

O time vive uma ótima fase, a melhor dos últimos anos, já que, além da boa posição no Brasileirão, tem chances reais de título na Copa Libertadores, na qual se classificou recentemente às quartas de final depois de despachar o Nacional, do Uruguai, e na Copa do Brasil. Na semifinal do torneio nacional, o time colorado enfrenta o Cruzeiro, na próxima quarta-feira e, por isso, poupará os titulares do duelo deste sábado.

O técnico Odair Hellmann não confirmou, mas caberá aos suplentes a missão de vencer o Fluminense no Maracanã. Dos titulares, a tendência é de que apenas o goleiro Marcelo Lomba esteja em campo. A escalação deve ser muito semelhante à que venceu o Ceará por 1 a 0 na rodada anterior.

A equipe alternativa terá como referência Rafael Sóbis, que se tornou uma espécie de reserva de luxo, já que tem correspondido quando chamado com assistências e gols. Pela técnica e inteligência é possível que o experiente atacante seja recuado e jogue como meia, abrindo espaço para Tréllez na frente. Outra opção para o ataque é William Pottker, que está recuperado de lesão e deve começar entre no banco.

Os desfalques são o volante Rodrigo Lindoso, lesionado, e o meia argentino Martín Sarrafiore, suspenso pelo acumulo de cartões amarelos.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade