0

Com obras atrasadas em novo estádio, Tottenham pega United em janeiro em Wembley

Inauguração do novo White Hart Lane estava marcado para o mês de agosto, mas uma série de problemas faz com que não há uma data exata para a obra ficar pronta

12 dez 2018
16h44
  • separator
  • 0
  • comentários

As obras do novo White Hart Lane, em Londres, estão dando muita dor de cabeça para os dirigentes do Tottenham. Nesta quarta-feira, um novo adiamento para a inauguração do estádio foi anunciado, fazendo com que o clube fizesse um pedido à Premier League, que organiza o Campeonato Inglês, para mandar o duelo contra o Manchester United, no dia 13 de janeiro, para o estádio de Wembley, também na capital inglesa.

A inauguração do novo White Hart Lane, com capacidade para 62 mil pessoas, estava inicialmente marcado para o último mês de agosto, no início da atual temporada. Mas uma série de problemas nas obras foram provocando atrasos e a última data prevista era janeiro de 2019, o que não vai mais acontecer.

"Nós estamos conscientes de que estamos pedindo aos torcedores para irem aos jogos em Wembley por um tempo maior do que queríamos. Entretanto, estamos vendo progressos (nas obras do novo estádio)", disse Daniel Levy, presidente do Tottenham, em um comunicado oficial divulgado nesta quarta-feira.

"O que não queremos é fixar uma data até que tenhamos o certificado de segurança (do novo estádio). Muitas pessoas me falam para procurar outras opções. Mas estamos muito frustrados com o que está acontecendo", completou o dirigente. O Tottenham tem a opção de seguir jogando em Wembley até o final desta temporada.

O problema é que os torcedores parecem estar cansados de ter de ir ao estádio nacional. Uma amostra disso foi o público de "apenas" 33.012 pessoas no duelo contra o Southampton, na semana passada, pelo Campeonato Inglês.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade