0

Com gol de goleiro, Coritiba se recupera, vence e aumenta crise do Guarani

Wilson, aos 46 minutos do segundo tempo, fez o gol da vitória dos visitantes em Campinas

12 jun 2019
00h07
  • separator
  • 0
  • comentários

A má fase do Guarani parece não ter fim. Nesta terça-feira, o time foi castigado pelas chances desperdiçadas e perdeu para o Coritiba, por 1 a 0, no Brinco de Ouro, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O único gol da partida foi marcado pelo goleiro Wilson, em cobrança de pênalti, aos 43 minutos do segundo tempo. A vitória diminui a pressão sobre Umberto Louzer e coloca o Coritiba na nona colocação, com 12 pontos.

Guarani e Coritiba se enfrentaram no Brinco de Ouro
Guarani e Coritiba se enfrentaram no Brinco de Ouro
Foto: Reprodução/Twitter/Coritiba / Estadão

Sem ganhar há cinco jogos e com quatro derrotas seguidas, o Guarani tem cinco pontos e está na frente apenas do lanterna Vitória, com quatro. O time foi bastante vaiado pela torcida e Vinícius Eutrópio corre grande risco de perder o cargo.

O primeiro tempo no Brinco de Ouro teve o Guarani tomando a iniciativa e criando boas oportunidades através de Matheusinho e, principalmente, com Davó, que parou em grande defesa de Wilson.

Tudo, porém, foi ofuscado pela confusão protagonizada pelo árbitro Léo Simão Holanda. Aos 23 minutos, após atendimento a Wilson, a posse tinha que voltar ao Guarani, mas o árbitro deu bola ao chão. Se aproveitando do chute de Sávio, Rodrigão invadiu a área e tocou na saída de Giovanni.

Os jogadores do time campineiro partiram para cima do atacante e também do trio de arbitragem. Depois de quase seis minutos de paralisação, Léo Simão Holanda voltou atrás e anulou o gol do Coritiba.

Com uma formação mais ofensiva - Arthur Rezende entrou no lugar de Deivid -, o Guarani pressionou o Coritiba desde o início do segundo tempo e quase abriu o placar com Felipe Amorim. O jogo se encaminhava para um empate sem gols até os 43 minutos.

Brunno Lima chegou atrasado e derrubou Nathan dentro da área. O árbitro assinalou pênalti, que foi convertido pelo goleiro Wilson.

Os dois times só voltam a campo no mês que vem, depois da Copa América. O Guarani enfrenta o CRB, no Rei Pelé, em Maceió, enquanto o Coritiba tem pela frente o Criciúma, no Heriberto Hülse. Os jogos válidos pela nona rodada ainda não tiveram suas datas definidas pela CBF.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 X 1 CORITIBA

GUARANI - Giovanni; Lenon, Ferreira, Brunno Lima e Armero; Deivid (Arthur Rezende), Ricardinho e Igor Henrique (Diego Cardoso); Mateusinho, Eder Luis (Felipe Amorim) e Davó. Técnico: Vinícius Eutrópio.

CORITIBA - Wilson; Sávio, Sabino, Wallison Maia e Fabiano; Vitor Carvalho (Thiago Lopes), Matheus Sales e Luiz Henrique; Juan Alano (Igor Paixão), Lucas Tocantis (Nathan) e Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer.

GOL - Wilson aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Léo Simão Holanda (CE).

CARTÕES AMARELOS - Ricardinho, Brunno Lima e Ferreira (Guarani); Vitor Carvalho, Fabiano e Matheus Sales (Coritiba).

RENDA - R$ 26.107,00.

PÚBLICO - 2.089 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade