5 eventos ao vivo

Com força máxima, São Paulo recebe o Vasco em busca da 7ª vitória seguida

Time de Fernando Diniz tenta manter boa fase contra adversário que tenta sair do Z-4 e lida com surto de covid-19

22 nov 2020
05h11
atualizado às 05h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O São Paulo planeja assumir a liderança isolada do Brasileirão na quarta-feira, quando faz jogo adiado diante do Ceará. Para não precisar torcer contra os rivais, tem de somar duas vitórias seguidas. A começar neste domingo, diante do Vasco, às 16 horas, no Morumbi. Com força máxima, os comandados de Fernando Diniz buscarão o sétimo triunfo consecutivo em diferentes competições.

São 11 jogos de invencibilidade no Brasileirão, a maior série no momento, e 23 pontos somados em 33 disputados. A série positiva colocou o São Paulo como um sério candidato ao título.

Sem conquistas há oito anos, o clube investe em duas frentes. Está na semifinal da Copa do Brasil e tratando também com carinho o Brasileirão. Sem priorizar uma ou outra, mostra ambição em ambas.

Diniz podia dar um descanso aos titulares após o compromisso desgastante diante do Flamengo. Mas não quer correr riscos de deixar escapar pontos, ainda mais em casa. Vai seguir explorando o bom momento dos artilheiros Brenner e Luciano e tentará firmar o setor defensivo. Após oito jogos seguidos sofrendo gols, finalmente a defesa passou intacta. Agora é hora de afiná-la para os momentos decisivos da temporada.

Mesmo recuperado da covid-19, Tchê Tchê perdeu a vaga na lateral direita para o experiente Juanfran. E nem a bela apresentação diante da Colômbia parece ter convencido Diniz a recolocar Arboleda no time titular. Diego Costa segue prestigiado.

O São Paulo tentará, diante do Vasco, ir às redes pelo décimo jogo seguido. Nos últimos compromissos, anotou impressionantes 27 vezes, média de três por partida. Porém, apenas dois times ganharam dele neste Brasileirão. O Vasco é um deles. Na terceira rodada, fez 2 a 1 em São Januário, quando brigava pela liderança e os rivais viviam momento conturbado. Com papéis invertidos com os paulistas, os cariocas tentam repetir a dose neste domingo, para deixarem a zona de rebaixamento.

Com desfalques e futebol nada empolgante, o Vasco buscará a superação diante de um rival há 11 jornadas sem derrota na competição, desde os 3 a 1 para o Atlético-MG. Depois de conseguir segurar o Fortaleza, mas não cumprir bem o papel na frente, o Vasco tentará repetir a tática da forte marcação no Morumbi, mas buscar que o ataque faça sua parte.

Os três zagueiros de Ricardo Sá Pinto, Ricardo Graça, Miranda e Marcelo Alves, precisarão de atenção o tempo todo diante de um ataque poderoso, com Brenner e Luciano empolgados. Se o time conseguir se segurar atrás, a aposta é que o ataque resolva.

Das seis vitórias do Vasco no Brasileirão, metade foram fora de casa. Inclusive a última, diante do Sport, no Recife, com dois de Cano. Foi justamente o artilheiro argentino quem anotou os dois no triunfo frente o São Paulo, lá no começo do torneio.

O Vasco soma apenas 23 pontos no Brasileirão, com desempenho ruim e apenas um triunfo em cinco jogos na competição sob a batuta de Sá Pinto. Ambos precisam melhorar e nada melhor que seja diante de uma equipe em bom momento para levantar o moral.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO X VASCO

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Juanfran, Diego Costa, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Igor Gomes e Gabriel Sara; Luciano e Brenner. Técnico: Fernando Diniz.

VASCO - Lucão; Miranda, Marcelo Alves e Ricardo Graça; Léo Matos, Andrey, Léo Gil, Yago Pikachu (Vinícius) e Neto Borges; Talles Gustavo Torres e Cano. Técnico: Ricardo Sá Pinto.

ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (SC).

HORÁRIO - 16 horas.

LOCAL - Morumbi, em São Paulo (SP).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade