0

Brasileiros entre as transferências mais caras da Inglaterra

Nomes como Alisson, Fred e Fabinho compõem a lista das 10 contratações mais valiosas para clubes ingleses

9 ago 2018
17h19
atualizado às 19h10
  • separator
  • 0
  • comentários

A janela de transferências do futebol inglês fechou nesta quinta-feira (9), um dia antes da abertura do Campeonato Inglês. Entre as dez contratações mais caras deste verão europeu, cinco jogadores são brasileiros. Se Jorginho, brasileiro naturalizado italiano que defende a Azzurra, entrar na conta, o número sobe para seis.

Alisson foi o atleta do Brasil mais caro. O goleiro titular da Copa do Mundo foi para o Liverpool por 62,5 milhões de euros (R$ 274 milhões). Ele havia tomado o posto de arqueiro mais caro da história, mas o montante foi superado por Kepa Arrizabalaga, que foi para o Chelsea por 80 milhões de euros (R$ 350 milhões). O espanhol também foi a negociação mais cara desta janela de transferência.

Alisson foi anunciado nesta quinta pelo Liverpool
Alisson foi anunciado nesta quinta pelo Liverpool
Foto: Liverpool FC / Instagram / Divulgação

O atleta de posição mais caro foi Riyad Mahrez. O ponta argelino deixou o Leicester, time com o qual conquistou a Premier League em 2015/16, e se transferiu para o Manchester City por 67,8 milhões de euros (R$ 297 milhões). Já o brasileiro de linha mais caro foi o meio-campista Fred. O atleta da Seleção foi para o Manchester United por 60 milhões de euros (R$ 259 milhões).

Junto com Alisson e Fred estão o volante Fabinho, o atacante Richarlison e o meio-campista Felipe Anderson, que foram, respectivamente, para Liverpool, Everton e West Ham. Jorginho, que é naturalizado italiano, foi para o Chelsea após passagem pelo Napoli.

Além disso, o Liverpool foi a equipe que mais gastou para se reforçar. A equipe de Jurgen Klopp, que foi vice-campeã da Liga dos Campeões 2017/18, contratou Alisson, Naby Keita, Fabinho e Xherdan Shaquiri, gastando um total de 164 milhões de euros (aproximadamente R$ 720 milhões).

Ouça agora o podcast Terra Futebol:

Veja também:

Villa-Lobos descoberto
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade