PUBLICIDADE

Cássio diz que saída do Corinthians não foi decisão só dele e não exige titularidade no Cruzeiro

Goleiro é apresentado no clube mineiro e estabelece objetivo na nova equipe

20 jun 2024 - 17h06
(atualizado às 17h06)
Compartilhar
Exibir comentários

O goleiro Cássio foi apresentado nesta quinta-feira no Cruzeiro. Iniciando o seu novo ciclo na carreira, o jogador elogiou a estrutura do clube, comentou sobre o projeto de longo prazo da atual diretoria e disse que chega para brigar por títulos. "Temos que voltar à Libertadores". Contratado junto ao Corinthians em maio, em meio a um desgaste pela má fase do clube paulista, o goleiro comentou sobre a nova realidade que vive em Belo Horizonte.

"O Cruzeiro tem pessoas comprometidas a fazer o time novamente brigar por títulos. Tem o Pelaipe (Paulo) que ajudou a reconstruir o Grêmio. O Mattos (Alexandre) é um vitorioso. O Dracena (Edu), jogamos juntos e fomos campeões. O fato de ter essas pessoas ajuda muito. Não teve um dia que eu chegasse aqui com muita vontade", comentou o goleiro.

A saída do Corinthians, clube que defendeu por mais de uma década, também esteve na pauta dos jornalistas. Segundo o próprio Cássio, o ciclo no clube paulista havia terminado.

"Honestamente não imaginaria ficar 12 anos lá. Sempre vivi ano a ano e às vezes a gente não consegue controlar as coisas. A decisão de ver que o meu ciclo no Corinthians tinha acabado não foi só minha. Conversei com pessoas que eu tenho confiança. Pessoas que me ajudaram em toda a minha carreira", disse.

A estrutura cruzeirense foi alvo de elogios de Cássio, que afirmou estar bem à vontade e motivado para defender o clube mineiro. "Não estou fazendo comparação de onde eu vim, estou falando do que estou vivendo. Não é indireta. Tenho vivido coisas maravilhosas. Cabe a mim agora, muita dedicação. O Cruzeiro tem de estar entre os primeiros. É um clube copeiro e acostumado a ganhar títulos", disse.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade