1 evento ao vivo

Carioca de 2020 poderá ter vencedor dos turnos como campeão sem final

Título sairá de um confronto entre os ganhadores da Taça Guanabara e da Taça Rio

21 out 2019
23h50
atualizado às 23h53
  • separator
  • 0
  • comentários

O Campeonato Carioca terá uma nova e mais simples fórmula de disputa em 2020. Nesta segunda-feira, em reunião na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, ficou definido que o campeão estadual sairá de um confronto entre os vencedores da Taça Guanabara e da Taça Rio. E se for o mesmo time, ele poderá ficar com a taça sem a necessidade de uma finalíssima.

Isso, aliás, só não ocorrerá em uma situação: se um time tiver somado mais pontos nos dois turnos do Campeonato Carioca do que o vencedor deles. Nesse caso, eles se enfrentarão em finais com jogos de ida e volta. E o campeão dos turnos terá a vantagem de jogar pelo empate no somatório do placar agregado. Já uma decisão entre campeões dos turnos não terá ninguém com qualquer vantagem.

O Campeonato Carioca, assim, também deixa de ter semifinais. Mas a fórmula dos turnos é a mesma das temporadas mais recentes, com os 12 times dividindo em dois grupos. Na Taça Guanabara, os confrontos da fase classificatória serão entre os times dos grupos diferentes. Já na Taça Rio, os duelos são dentro das chaves. Os dois melhores de cada grupo estarão nas semifinais, que ocorrerão em jogos únicos, assim como a decisão.

O Grupo A contará com Flamengo, Botafogo, Bangu, Cabofriense, Boavista e o campeão da seletiva. Já o B terá Vasco, Fluminense, Volta Redonda, Resende, Madureira e o vice da seletiva. Uma novidade será a utilização do VAR nos clássicos, semifinais e finais dos turnos, além das finais do campeonato. E Pelé, assim como ocorreu em 2018, será o embaixador do torneio.

Confira a tabela da primeira rodada da Taça Guanabara:

Vasco x Bangu

Cabofriense x Fluminense

Volta Redonda x Botafogo

2º colocado da seletiva x Flamengo

Madureira x 1º colocado da seletiva

Resende x Boavista

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade