0

Ponte Preta busca encerrar jejum de vitórias diante do Paysandu

6 ago 2018
20h01
atualizado em 7/8/2018 às 08h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Sem ganhar há quatro jogos no Campeonato Brasileiro da Série B, a Ponte Preta enfrenta o Paysandu fora de casa, na Curuzu, na primeira partida de ambos no primeiro turno. O clube paraense, por sua vez, soma apenas duas vitórias nas últimas 11 rodadas, mas no retrospecto recente acumula bons resultados, já que conquistou sete pontos dos 12 possíveis no encerramento da primeira metade da competição.

Diante desse cenário, João Brigatti, treinador da Macaca, pretende fazer mudanças na escalação, mas não imediatamente. O time campineiro teve apenas três dias de preparação, uma vez que empatou com o Avaí no último sábado. "Tem que reavaliar novamente para o próximo jogo. Temos um elenco reduzido e vamos ver a melhor maneira possível para montar o time para o Paysandu", declarou o treinador pontepretano.

De qualquer modo, Brigatti não poderá repetir os 11 iniciais da última partida. O lateral-esquerdo Orinho, que tem atuado mais adiantado, recebeu o terceiro amarelo e cumprirá suspensão automática. O substituto deve ser André castro. Tiago Real segue fora de combate devido a dores musculares na coxa.

Mesmo com a 10ª posição ao final do primeiro turno, o comandante da Macaca segue esperançoso na luta pelo acesso. "Nosso objetivo é o acesso e vamos atrás dele. Ninguém aqui vai jogar a toalha. Se for uma equipe totalmente diferente a partir do segundo turno, a gente tem chance de subir", declarou Brigatti.

Pelo outro lado, o Paysandu terá cinco novidades para a partida. O zagueiro Guilherme Teixeira e o lateral-direito Jonathan, recém-contratados, foram regularizados e podem estrear. O atacante Dionathã volta ao time após cumprir suspensão e deve ocupar a vaga de Mike, enquanto o goleiro reserva Gabriel Bubniack e o atacante Anderson, que fazem parte do time sub-20, foram relacionados.

"Na terça-feira, é um jogo importantíssimo, contra a Ponte Preta aqui em casa (Curuzu). Em casa temos que buscar os três pontos a todo o momento. Eu pude enfrentar a Ponte no Campeonato Paulista. Foi um jogo bem interessante", disse Lúcio Flávio, ex-jogador do São Bento.

"Eu até conheço o treinador que está lá, interinamente, o João Brigatti. Trabalhei com ele em outra oportunidade. A Ponte tem uma equipe boa, consistente, e de tradição. Temos que focar no nosso trabalho, na nossa força e imprimir um ritmo dentro de casa, porque quem vem jogar aqui também sabe da força que tem o Paysandu", completou o jogador.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU X PONTE PRETA

Local: Estádio da Curuzu, em Belém (PA)

Data: 07 de agosto de 2018, terça-feira

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Mateus Olivério Rocha (RS)

PAYSANDU:Renan Rocha; Matheus Silva, Edimar, Diego Ivo e Diego; Renato Augusto, Nando Carandina, Thomaz e Pedro Carmona; Dionathã e Claudinho.

Técnico: Guilherme Alves

PONTE PRETA: Ivan, Igor, Renan Fonseca, Léo Santos e Ruan; Nathan, João Vitor e André Castro; André Luis, Danilo Barcelos e Júnior Santos

Técnico: João Brigatti

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade