0
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Oeste empata no fim, vence Botafogo-SP nos pênaltis e avança à semi do Troféu do Interior

27 mar 2019
19h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois de empatar o jogo de ida das quartas de final do Troféu do Interior, Oeste e Botafogo-SP voltaram a se enfrentar nesta quarta-feira, agora na Arena Barueri, para definir quem avançaria para a próxima fase do torneio. E não faltou emoção. Depois de sair atrás do placar, o Botafogo buscou a virada, mas cedeu o empate aos 48 minutos do segundo tempo, que terminou em 3 a 3, forçando as penalidades máximas.

Nas cobranças, equilíbrio até o fim. Até que na quinta rodada, Luís Carlos desperdiçou e Mazinho não perdoou, marcando o gol que carimbou o passaporte do Oeste para a semifinal.

Os outros duelos acontecem entre Ponte Preta e Bragantino e Guarani e Mirassol. Os três times que avançarem vão ganhar a companhia do melhor entre os eliminados do interior nas quartas de final do Paulistão: RB Brasil, Novorizontino, Ferroviária e Ituano. Pelo chaveamento, o time de melhor campanha vai enfrentar o de pior, enquanto segundo melhor pega o terceiro.

As semifinais estão previstas para os dias 31 de março e 7 de abril, enquanto as finais acontecerão em 14 e 21 de abril.

A partida começou bastante equilibrada, com as duas equipes buscando jogo. Aos oito minutos, o placar foi inaugurado. A bola sobrou para Bruno Lopes dentro da área, ele tentou três chutes e apenas no terceiro, conseguiu estufar as redes para alegria da torcida na Arena Barueri. Oeste 1 a 0 Botafogo.

Virada relâmpago

O jogo era bom e franco entre as equipes e esquentou na parte final do primeiro tempo. Aos 36 minutos, Maracás cometeu falta em cima de Naylhor e o árbitro marcou pênalti. Rafael Costa cobrou no meio e empatou a partida.

Sem tempo de a torcida respirar, o Botafogo foi para cima e em um rebote aproveitado por Willian Oliveira, marcou o gol da virada.

Assim como a primeira etapa, a segunda começou equilibrada. E seguiu assim até cerca de 20 minutos, quando o Oeste subiu de produção, chegando com perigo na área do adversário, enquanto que o Botafogo se fechava no campo de defesa.

Dois gols em dois minutos elevam os ânimos

Apesar do momento melhor do time da casa, o jogo esquentou de novo aos 25 minutos graças ao visitante. Marlon Freitas recebeu a bola pelo lado direito e, de primeira, arriscou um chute no pé da trave, ampliando o placar na Arena Barueri.

A alegria, porém, durou pouco. Dois minutos depois, Fábio ganhou de Darley e estufou as redes, diminuindo a diferença e deixando o Oeste vivo na partida.

Gol de empate e decisão por pênaltis

Depois do gol, a equipe mandante se empolgou e trocava passes na busca pelo empate. O Botafogo recuou o time todo e se segurou bem, até os 48 minutos do segundo tempo.

Alyson recebeu a bola em cobrança de escanteio, chutou, mas Darley espalmou. A bola ficou viva na área, e Pedrinho mandou para o fundo da rede e mandou a decisão para as penalidades máximas.

As equipes começaram a disputa convertendo todas as cobranças. Na terceira rodada, Nadson desperdiçou para o Fogão, mas Fábio perdeu na sequência, deixando tudo igual. E depois de os dois times converterem as cobranças seguintes, na quinta rodada de batidas, Luís Carlos desperdiçou, deixando o time da casa a um gol da classificação. Mazinho foi para a bola e garantiu a vaga na semifinal.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade