1 evento ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Juventude bate o Criciúma fora de casa e entra no G4

12 set 2017
23h43
atualizado em 13/9/2017 às 08h32
  • separator
  • comentários

Na noite desta terça-feira, o Juventude venceu o Criciúma pelo placar de 1 a 0 no Heriberto Hulse e ingressou no G4 da Série B. Os gols foram marcados por Lucas, duas vezes, para o Ju e Lucão, para o Tigre. Com a vitória, o time gaúcho alcançou 40 pontos na tabela e é terceiro colocado. Já o Tigre permanece na sétima posição com 34 pontos.

Lucas comemora um dos dois gols que marcou na vitória do Juventude sobre o Criciúma, em Santa Catarina
Lucas comemora um dos dois gols que marcou na vitória do Juventude sobre o Criciúma, em Santa Catarina
Foto: Arthur Dallegrave / E.C.Juventude

A equipe de Santa Catarina não perdia há quatro partidas. A última derrota havia sido justamente para um clube gaúcho, o Brasil-PEL. Já o Juventude estava embalado pela vitória em cima do Internacional, rival estadual e ex-líder da segunda divisão.

No Tigre, o técnico Luiz Carlos Winck teve o retorno do atacante Lucão, que cumpriu suspensão automática por cartões amarelos no último jogo. No lado alviverde, Gilmar Dal Pozzo iniciou o duelo com Wesley Natã como titular. O jogador havia sido um dos destaques do Juventude na vitória contra o Internacional.

Primeiro tempo

A partida começou bastante movimentada e logo no primeiro minuto de jogo, o atacante João Paulo foi lançado e ia invadir a área, mas o goleiro Luiz saiu do gol e de carrinho afastou a bola. No rebote, o meia Leilson concluiu para o gol vazio, contudo a redonda subiu muito e saiu pela linha de fundo.

Com 10 minutos de partida, o Juventude abriu o placar. A jogada começou com Wesley Natã, que carregou a bola pela esquerda e cruzou rasteiro para a área. O atacante João Paulo não conseguiu dominar e a zaga afastou para a entrada da área, onde o volante Lucas apareceu para finalizar com perfeição para o fundo das redes.

O time gaúcho criava as melhores oportunidades e pressionava o Tigre. Aos 16 minutos, a equipe alviverde trocou passes pela ponta direita de ataque e Yago cruzou para a área. O atacante Wesley Natã apareceu cabeceando cruzado e o goleiro Luiz fez bela defesa. Na sobra, João Paulo dominou a bola, mas estava em posição irregular.

A primeira boa chegada do Criciúma foi aos 24 minutos. Após cruzamento, Lucão dominou a bola e escorou para Silvinho, na entrada da área, chegar chutando forte e rasteiro de primeira para a defesa segura do goleiro Matheus.

O Tigre foi crescendo na partida. Em cobrança de escanteio de Silvinho, o zagueiro Edson Borges apareceu livre para cabecear. A bola foi no centro do gol e o goleiro Matheus agarrou firme.

Aos 40 minutos, Jeferson Negueba recebeu a bola e fez o pivô tocando para Douglas Moreira, que arriscou uma finalização forte de fora da área, mas o goleiro Matheus defendeu. Um minuto depois Jeferson Negueba cobrou escanteio no pé de Silvinho, porém o atacante chutou de primeira e a bola passou longe do gol.

Segundo tempo

O Criciúma retornou para o gramado com mudança. O técnico Luiz Carlos Winck tirou Jeferson Negueba e colocou Alex Maranhão. Já o Juventude voltou para a segunda etapa sem alterações.

Assim como no primeiro tempo, o time gaúcho teve a primeira oportunidade. Com menos de um minuto, o volante Lucas recebeu, limpou a marcação e chutou no rasteiro no canto direito do goleiro Luiz. A bola passou rente à trave e saiu pela linha de fundo.

Aos cinco minutos, após a bola ser recuada pelo alto, o zagueiro Diego Giaretta se atrapalhou para dominar e o atacante Yago aproveitou recuperando a posse. O jogador invadiu a área e no momento da conclusão cai após ser atrapalhado por Giaretta. Alguns jogadores reclamaram pedindo pênalti, mas a arbitragem disse que o lance foi normal.

O Criciúma se jogou ao ataque e apostava bastante nos cruzamentos para a área. Com isso, o Juventude começou a apostar nos contra-ataques aproveitando os espaços que o Tigre dava. Com a intenção de deixar o time mais ofensivo, Winck colocou o atacante Moisés no Tigre no lugar do meia Jocinei.

O Tigre chegou ao empate após mais uma bola levantada na área. O jogador Alex Maranhão cruzou, o atacante Lucão dividiu no alto com Domingues e mandou para o fundo das redes, deixando tudo igual no Heriberto Hulse.

A virada do Criciúma quase veio aos 21 minutos. Depois de cruzamento da esquerda, o atacante Moisés cabeceou buscando o ângulo oposto do goleiro Matheus, mas a bola saiu para a linha de fundo.

O técnico Gilmar Dal Pozzo, então, tirou o atacante João Paulo e o meia Leilson para a entrada do meia Mateus Santana e do atacante Caprini.

Em bate-rebate dentro da área, o zagueiro Micael e o goleiro Matheus não se entenderam na comunicação e o atacante Lucão, sem desistir do lance, finalizou para fora.

O Juventude marcou o segundo gol aos 37 minutos. A jogada começou com um belo lance do atacante Yago que foi lançado na direita, passou pela marcação e mesmo puxado dentro da área, seguiu no lance concluindo a gol, mas a bola acabou afastado. Contudo, a bola continuou com a equipe gaúcha, que iniciou uma nova jogada pela esquerda com o volante Lucas. O jogador entrou na área e chutou cruzado, ninguém encostou na bola que foi parar dentro da meta.

Aos 41 minutos, o atacante Yago fez linda jogada passando por dois marcadores e tocou para Caprini, que passou para Mateus Santana, no meio da área. O volante finalizou bem, mas o goleiro Luiz salvou o que seria o terceiro tento do Juventude. Aos 46, Caprini carregou a bola pela direita e cruzou para Mateus Santana, livre, chutar para fora.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 1 x 2 JUVENTUDE

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)

Data: 12 de setembro de 2017, terça-feira

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Vaneide Vieira de Gois (SE)

Cartões amarelos: CRICIÚMA: Lucão, Alex Maranhão. JUVENTUDE: Lucas, Leilson

Público: 3.168

Renda: R$ 57.260,00

GOLS

CRICIÚMA: Lucão, aos 19 minutos do segundo tempo

JUVENTUDE: Lucas, aos 10 minutos do primeiro tempo e aos 38 minutos do segundo tempo

CRICIÚMA: Luiz; Diogo Mateus, Edson Borges, Diego Giaretta e Márcio Goiano (João Henrique); Jonatan Lima, Jocinei (Moisés), Douglas Moreira e Jeferson Negueba (Alex Maranhão); Silvinho e Lucão

Técnico: Luiz Carlos Winck

JUVENTUDE: Matheus; Vidal, Domingues, Micael e Pará; Fahel, Lucas, Leilson (Caprini), Yago; Wesley Natã (Mauricio) e João Paulo (Mateus Santana)

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade