PUBLICIDADE

Cruzeiro mostra dificuldades de criação, mas arranca empate contra o Goiás

12 jun 2021 22h56
| atualizado às 23h44
ver comentários
Publicidade

As esperanças do Cruzeiro para esse sábado estavam em seu novo técnico Mozart e no fato de jogar em casa, no Mineirão. Mesmo assim, a Raposa sofreu para criar jogadas e só conseguiu um empate suado, no final do jogo. Dessa forma, a equipe da casa conseguiu somar pontos na terceira rodada da Série B.

Com o resultado, o Goiás chega a cinco pontos em três jogos e ocupa o quarto lugar da Série B. Já o Cruzeiro segue na lanterna, mas soma seu primeiro ponto na competição.

O Goiás volta a campo já nesta terça-feira, quando recebe o CRB no Estádio da Serrinha, às 21h30 (de Brasília). Na quarta-feira, é a vez do Cruzeiro visitar a Ponte Preta em Campinas, no Moisés Lucarelli. A partida ocorre às 21h30.

O jogo - A estreia de Mozart pelo Cruzeiro começou de maneira complicada. Uma de suas apostas, o lateral Joseph, cometeu um erro logo aos 11 minutos do primeiro tempo. Com o peito, o camisa 23 tentou recuar uma bola cruzada na área da Raposa, mas Fábio não conseguiu chegar a tempo e o lance acabou virando um golaço contra a própria meta.

Os donos da casa continuaram com mais posse de bola no jogo, mas com muita dificuldade de criação, especialmente sem a ajuda dos volantes Flávio e Rômulo. Aos 46 minutos, o volante Jadson reclamava muito com a arbitragem e acabou sendo expulso, mesmo no banco de reservas.

Mesmo sem deixar o Goiás jogar com liberdade no segundo tempo, o Cruzeiro seguiu sofrendo para chegar ao ataque e deixar os homens de frente em situações confortáveis. Mozart promoveu a entrada de Felipe Augusto e Marcinho no setor ofensivo, mas as substituições não impactaram o jogo.

O Goiás tirou seus principais titulares e convidou o Cruzeiro para seu campo de defesa, mas o gol dos donos da casa demorou a sair. Aos 42 minutos, Marcinho aproveitou cruzamento rasteiro pela esquerda e conseguiu achar o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 1 GOIÁS

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 12 de junho de 2021, sábado

Horário: 21 horas (de Brasília)

Árbitro: Vinicius Furlan (SP)

Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

Cartão Amarelo: Airton (Cruzeiro); Apodi (Goiás)

Cartão Vermelho: Jadson (Cruzeiro)

GOLS:

Cruzeiro: Marcinho, aos 42 minutos do 2º tempo

Goiás: Joseph (contra), aos 11 minutos do 1º tempo

CRUZEIRO: Fábio, Joseph (Matheus Barbosa), Eduardo Brock, Ramon e Matheus Pereira (Stênio); Flávio (Adriano), Rômulo e Rafael Sóbis; Airton (Felipe Augusto), Bissoli (Marcinho) e Bruno José

Técnico: Mozart

GOIÁS: Tadeu, Apodi, David Duarte, Reynaldo e Hugo; Caio, Breno (Rezende), Elvis (Luan Dias) e Dieguinho (Vinícius); Bruno Mezenga (Lucas Black) e Alef Manga (Dadá Belmonte)

Técnico: Pintado

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade