0
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Brasil de Pelotas derrota a Ponte e se distancia do Z-4 da Série B

27 ago 2019
21h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil de Pelotas venceu nesta terça-feira a Ponte Preta por 1 a 0 no Estádio Bento Freitas pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar de enfrentar um adversário fechado, o Xavante teve competência para marcar quando teve a oportunidade. Bruno Aguiar foi autor do único gol aos 31 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Brasil saltou para a 12ª colocação, com 25 pontos. E a Ponte Preta caiu para o nono lugar, com 27 pontos.

Na próxima rodada o Brasil de Pelotas visita no sábado o Bragantino, às 19h(de Brasília), no Nabi Abi Chedid. Já a Ponte Preta recebe no mesmo dia o Coritiba, às 16h30(de Brasília), no Moisés Lucarelli.

Brasil de Pelotas chegou às 12ª posição da Série B (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

O Jogo - Os donos da casa levam perigo no primeiro ataque. Com 01 minuto, Bruno Aguiar acionou Murilo Rangel pelo meio, ele deixou de calcanhar para Rodrigo Alves, que devolveu. O próprio Murilo Rangel bateu colocado, rente ao travessão de Ivan. Mantendo uma postura mais retraída, a Macaca buscou especular jogadas de contra-ataque.

Mais uma chegada do Xavante que podia ter redundado em gol. Aos 21, Ricardo Luz faz jogada individual pela direita, ganhou de Matheus Vargas e cruzou. Ivan saiu de soco, a bola ficou viva na área e Murilo Rangel finalizou por cima do gol. Aos 29, Murilo Rangel cobrou escanteio dentro da área e afastou de soco. Na sobra, Murilo rolou para Rodrigo Alves que bateu pelo lado de fora.

Depois dos 30 minutos a partida caiu de rendimento com os dois times apelando para lançamentos e muita bola aérea, mas sem nenhuma objetividade. O resultado acabou sendo justo pela falta de criatividade do meio-campo tanto por parte do Brasil de Pelotas e Ponte Preta.

Nesse retorno para o segundo tempo, os comandados de Bolívar tem dificuldades de infiltrar na defesa da Ponte Preta. Que chance perderam os mandantes de abrir o placar. Aos 09, Diogo Oliveira aproveitou passe errado de Diego Renan, passou por dois marcadores e acionou Rodrigo Alves. Ele soltou o pé e Ivan faz grande defesa.

Os paulistas cresceram no jogo e desperdiçaram três ótimas chances de pular na frente do marcador. Aos 12, Diego Renan cobrou falta rasteira, embaixo da barreira e Carlos Eduardo se esticou para evitar o gol. Três minutos depois, Diego Renan cobrou o lateral direto para dentro da área, Roger deixou a marcação para trás e se jogou na bola. Carlos Eduardo operou um novo milagre e faz uma defesa espetacular. Aos 17, em uma saída de bola errada do sistema defensivo do Xavante, Roger bateu colocado o camisa 1 espalmou.

As duas equipes se mostram decididas na busca pela vitória. Aos 25, Diego Renan cobrou escanteio na área e Carlos Eduardo afastou. Na sequência, o lateral cruzou rasteiro, mas o goleiro se esticou todo para tirar. Aos 27, Ricardo Luz cruzou na área, Henrique Trevisan cortou e a bola sobrou para Rodrigo Alves. Ele dominou no peito, soltou a bomba, tirando tinta da trave.

Finalmente o Xavante fez o primeiro gol em sua jogada característica de bola alta. Aos 31, Ricardo Luz cobrou escanteio, Bruno Aguiar apareceu como elemento surpresa, completamente livre e testou para o fundo da rede. Depois de fazer o tento, o Brasil de Pelotas recuou as suas linhas e entregou a bola para a Ponte Preta.

Pressionando bastante na reta final, a Macaca não teve forças para igualar o marcador. O Xavante soube se defender bem e conseguiu importante triunfo que ajudou a se afastar cada vez mais da zona da degola. Nos acréscimos, aos 49, Diogo Oliveira cobrou falta colocada e Ivan foi buscar, evitando o gol.

Ficha Técnica

Brasil de Pelotas 1 x 0 Ponte Preta

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas-RS

Data: 27 de agosto (terça-feira)

Horário: 19h15min (Brasília)

Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)

Assistentes: Jucimar dos Santos Dias (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)

Renda: R$ 59.000,00

Público Total: 4.283

Cartão amarelo: Bruno Aguiar, Washington, Maicon Assis (Brasil), Gerson Magrão, Henrique Trevisan (Ponte Preta)

Gol: Bruno Aguiar (Brasil de Pelotas), aos 31 minutos do segundo tempo

Brasil de Pelotas: Carlos Eduardo,Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Heverton e William Formiga, Washington (Eduardo Person), Carlos Jatobá, Diogo Oliveira e Murilo Rangel (Maicon Assis), Cristian (Daniel Cruz) e Rodrigo Alves. Técnico: Bolívar

Ponte Preta: Ivan, Arnaldo,Reinaldo, Henrique Trevisan e Diego Renan, Edson, Tiago Real (Dadá), Gerson Magrão (Alex Maranhão) e Matheus Vargas (Everton), Marquinhos e Roger. Técnico: Felipe Moreira

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade