4 eventos ao vivo

Avaí vence Boa Esporte e segue no G4 da Série B

5 out 2018
22h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Jogando em seus domínios, na Ressacada, o Avaí superou o Boa Esporte, que terminou o jogo com um a menos, em partida da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Getúlio e Luanzinho foram os autores do gol do triunfo por 2 a 0 nesta sexta-feira.

Com o resultado, o Leão da Ressacada vai a 48 pontos e termina a rodada na quarta colocação. Por sua vez, o time mineiro segue com 26 pontos na última colocação da tabela.

Na próxima rodada, o Avaí irá visitar o Guarani, no sábado, dia 13 de outubro, às 16h30 (de Brasília). Por sua vez, o Boa Esporte irá visitar o Vila Nova, no mesmo dia e horário.

O jogo

A primeira oportunidade da partida foi do Boa Esporte. Aos 11, Maycon roubou a bola no meio de campo e finalizou da entrada da área. Kozlinski pulou e fez a defesa em dois tempos. A resposta do Avaí veio aos 19 minutos. Judson arriscou de longe e Fabrício defendeu.

O time da casa quase abriu o placar aos 27 minutos. Getúlio fez uma bela jogada na entrada da área, finalizou e a bola bateu no travessão. Na sobra, Rodrigão parou em Fabrício. Logo em seguida, Rodrigão cabeceou após escanteio e parou no goleiro.

O gol saiu aos 34 minutos. Guga cruzou na área e Rodrigão acertou a trave. Getúlio só precisou empurrar de cabeça para colocar o Leão na frente do placar: 1 a 0. Depois de um período sem oportunidades de gols, os catarinenses assustaram aos 46 em escanteio de Marquinhos, que quase fez o gol olímpico.

O time mineiro esboçou um bom começo de segunda etapa. Aos dez, Douglas Baggio finalizou fraco, Kazlinski fez a defesa parcial e quase deixou a bola entrar. No entanto, aos 16, Hélder Maurílio recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

O Avaí teve a grande chance de ampliar o placar aos 25 da segunda etapa. Renato recebeu lançamento e foi derrubado dentro da área por Douglas Baggio. Rodrigão bateu fraco e Fabrício salvou os visitantes.

Mesmo com um a menos, o Boa Esporte assustou aos 36. Tubarão cobrou escanteio e Rafael Jensen subiu mais alto do que a defesa e cabeceou a bola por cima da trave.

O Avaí marcou o seu segundo gol aos 42 minutos. Capa passou para Jones Carioca, que encontrou Luanzinho na entrada da área. O meia bateu com força e fez 2 a 0.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 2 x 0 BOA ESPORTE

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis, (SC)

Data: 05 de outubro de 20018, sexta-feira

Horário: 20h30 (Brasília)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Assistentes: Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)

Cartões amarelos: Marquinhos, Matheus Barbosa (Avaí) William Barbio, Hélder Maurílio, Alyson, William Barbio (Boa Esporte)

Cartão vermelho: Hélder Maurílio, segundo amarelo, (Boa Esporte)

GOLS: AVAÍ: Getúlio, aos 34 do primeiro tempo, e Luanzinho, aos 42 da segunda etapa.

AVAÍ: Kozlinski; Guga, Airton, Betão e Capa; Judson, Matheus Barbosa, Renato (Pedro Castro), Marquinhos (Luanzinho); Getúlio (Jones Carioca) e Rodrigão

Técnico: Geninho

BOA ESPORTE: Fabrício; Hélder Maurílio, Rodrigão, Rafael Jensen e Judson; PH (Bruno Tubarão), Djavan, Maycon, Alyson (Manoel) e William Barbio (Daniel Cruz); Douglas Baggio

Técnico: Ney da Matta

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade