1 evento ao vivo

Vitória do São Paulo agrada, mas Aguirre é cauteloso sobre arrancada

20 mai 2018
18h57
atualizado às 18h57
  • separator
  • 0
  • comentários

O São Paulo não perde há nove jogos e é o único invicto no Campeonato Brasileiro depois de seis rodadas. Nesse domingo, a vitória por 1 a 0 em cima do Santos colocou o time na 5ª colocação, a um ponto do Palmeiras, que abre o G4. Para o técnico Diego Aguirre, o Tricolor precisa de um triunfo como o desse fim de semana, mas não pode se empolgar por isso. Para o uruguaio é pés no chão nesse momento da temporada.

"Nós estávamos precisando de uma vitória convincente. A última aqui, na Copa Sul-Americana (contra o Rosario Central), eu não gostei. Ganhamos, mas eu não fiquei feliz. Hoje sim, foi merecido, em cima de um rival, uma vitória que pode ser um ponto de partida, mas não podemos nos emocionar, temos de mostrar mais. Pode ser um começo, mas não posso falar de uma certeza, temos de confirmar no próximo jogo para acreditar que estamos encontrando um caminho. Eu também não estava contente com a invencibilidade do São Paulo, preferia ter mais pontos", comentou, em entrevista coletiva.

"Não posso falar de time ideal ou perto do ideal, mas essa partida teve atitude, vontade, uma ordem tática que o time começa a construir. Depois, os jogadores vão aparecendo em seu melhor nível, a experiência de Nenê e Diego Souza são muito importantes, transmitem liderança em campo, mas também Everton está jogando muito, Marcos Guilherme foi bem no jogo, eu poderia falar coisas boas de um por um, temos jogadores que acabaram com câimbra de tanto que se entregaram, de tanta descarga emocional, estou orgulhoso deles", continuou o técnico, apesar de cauteloso, justo nos elogios aos seus comandados.

"Estou feliz pelo jogo que fizemos, acho que merecemos a vitória, perdemos muitas chances durante o jogo, acabamos sofrendo um pouco. Jogo decisivo, clássico, em casa… Aproveito para falar que estou muito feliz pela torcida, eles vieram, apoiaram em todo momento, transmitiram muita força aos jogadores, temos de continuar assim, juntos", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade