0

Sob nova direção, Guarani recebe Figueirense na estreia da Série B

26 abr 2019
20h23
atualizado em 27/4/2019 às 08h19
  • separator
  • comentários

O Campeonato Brasileiro da Série B começa para Guarani e Figueirense neste sábado, às 16h30, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Enquanto o time paulista tenta manter o desempenho regular apresentado no estadual, agora sob o comando do treinador Vinícius Eutrópio, o Figueira busca uma mudança de rumo na temporada depois de ser eliminado pelo Luverdense na Copa do Brasil e cair na semifinal do Catarinense.

Apesar do bom desempenho no início Campeonato Paulista, Osmar Loss foi demitido do Bugre após a goleada por 3 a 0 no derbi contra a Ponte Preta. O time campineiro terminou a competição com 14 pontos, na terceira colocação do grupo B. Para o comando técnico, a diretoria optou pela contratação de Vinícius Eutrópio, que comandou o Guarani apenas em três jogos treinos, com dois empates e uma derrota.

"Nosso time propôs o jogo, trabalhou em cima, como vocês puderam ver, os 90 minutos. O time incorporou isso. Tivemos o domínio total e perdemos várias chances. Perder várias chances é o menos importante. O que importa é o espírito que a equipe realmente incorporou e é isso que a gente realmente vai querer e cobrar, e faremos na Série B", avaliou o novo treinador.

Um dos grandes destaques do Guarani para a disputa do Brasileiro é o atacante Diego Cardoso. Emprestado pelo Santos, o jogador fez sete gols no Paulista e terminou a competição como um dos artilheiros. Além da base mantida do estadual, o clube ainda fez cinco contratações, com destaque para o veterano atacante Éder Luís, que jogou o estadual pelo São Bento, o zagueiro Xandão, ex-São Paulo. Além deles, chegaram à equipe o goleiro Jefferson Paulino, o zagueiro Bruno Lima e o meia Arthur Rezende.

O Figueirense não teve um início de ano positivo, sendo eliminado da Copa do Brasil pelo Luverdense após perder de a 1 a 0 fora de casa na segunda fase da competição. Logo na sequência, o time caiu para a Chapecoense na semifinal do Campeonato Catarinense.

Para apresentar um melhor futebol no Brasileiro, a diretoria do Figueira foi ao mercado para reforçar o time e trouxa a dupla de meias da Ferroviária, Tony e Fellipe Mateus, além do atacante Rafael Marques. O experiente atacante fez questão de ressaltar que o protagonismo tem de ser dividido entre o elenco.

"Acho que o objetivo é voltar ao nível de futebol que eu tive há alguns anos. O protagonismo tem que ser de todos, se for só do Rafa, algo está errado. Futebol sempre foi coletivo e não será diferente hoje. Nas equipes que passei e fui campeão, teve o conjunto, todos se destacaram. Onde tinha só um destaque, as coisas negativas apareceram. A individualidade ajuda, mas não resolve problema sozinho", afirmou o atacante com passagens pelo Palmeiras e Botafogo.

Um dos destaques do Figueira é o goleiro Denis, que foi eleito o melhor jogador da posição no Catarinense. O treinador Hemerson Maria terá a missão de brigar por uma vaga na Série A, o que não aconteceu no ano passado, quando o time brigou para não ser rebaixado até as últimas rodadas.

Ficha Técnica

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, Campinas (SP)

Data: 27 de abril (sábado)

Horário: 16h30

Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)

Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Jailson Albano da Silva (CE)

Guarani: Giovanni, Léo Príncipe, Ferreira, Diego Giaretta e Inácio; Deivid e Ricardinho; Mateusinho, Arthur Rezende e Felipe Amorim; Diego Cardoso. Técnico: Vinícius Eutrópio

Figueirense: Denis; Alemão Teixeira, Pereira, Ruan Renato e Matheus Destro; Zé Antônio, Betinho e Tony; Fellipe Matheus, Popp e Matheus Lucas. Técnico: Hemerson Maria

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade