PUBLICIDADE

Sem gigantes, 10 clubes da Série A fundam grupo para debater criação de liga

16 fev 2022 17h40
ver comentários
Publicidade

Na tarde desta quarta-feira, 10 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro anunciaram a criação de um movimento que visa discutir a formação de uma nova liga no Brasil. A ação se chama "Forte Futebol" e não conta com adesão de nenhum clube considerado "gigante" no futebol nacional.

América-MG, Atlético-GO, Athletico-PR, Avaí, Ceará, Coritiba, Cuiabá, Fortaleza, Goiás e Juventude são os clubes fundadores do movimento. Avaí e Goiás subiram para a primeira divisão na última temporada.

Segundo nota oficial divulgada pelos membros, "o objetivo desse grupo de trabalho é termos know-how de análise e comparar as propostas na mesa com os modelos existentes no mundo. Buscamos também empoderar a nossa voz, para nos sentirmos representados e darmos nosso parecer em quaisquer discussões sobre o assunto."

A nota também deixa claro que o movimento está aberto para receber outros clubes da primeira divisão. "É um grupo aberto, sem sócios-fundadores, em que todos os participantes terão voz", complementaram.

Confira a nota completa do movimento "Forte Futebol":

"Só com união é possível construir a mudança. E neste momento emblemático do nosso futebol, essa afirmação se torna ainda mais importante. É tempo de transformação, de criação de uma nova estrutura para o nosso esporte mais popular.

Com as novas possibilidades de investimentos, tanto nos clubes brasileiros como também nas competições, têm surgido interessados no mercado dispostos a gerir e administrar uma Liga de Clubes no país. Um assunto que nós já vínhamos há alguns anos trazendo ao debate e buscando a adesão de todos. Como nunca tivemos uma instituição de classe forte e unificada, não foi possível.

Agora temos um novo cenário. E novos e velhos "atores" querendo entrar em cena. Grupos, empresas, brokers e outros. Mas para se construir algo sólido, é preciso conhecer melhor o terreno. Quanto mais informação, melhor.

Os clubes brasileiros, que são os principais interessados em participar de uma liga forte, devem se unir. Por isso estamos criando o grupo Forte Futebol, para analisar e responder de forma uníssona todos os assuntos relacionados com os rumos do futebol brasileiro. É um grupo aberto, sem sócios-fundadores, em que todos os participantes terão voz.

O objetivo desse grupo de trabalho é termos know-how de análise e comparar as propostas na mesa com os modelos existentes no mundo. Buscamos também empoderar a nossa voz, para nos sentirmos representados e darmos nosso parecer em quaisquer discussões sobre o assunto.

O grupo não está fechado, o clube da Série A que quiser vir somar forças, será muito bem recebido e terá vez e voz no mesmo nível dos demais. O importante é estarmos seguros, saber para onde estamos indo e impedir que projetos excludentes ou de aventureiros sigam adiante."

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade