0

Scolari dá recado: "Tem que gostar dessa camisa e defendê-la até o fim"

3 ago 2018
16h46
atualizado às 16h46
  • separator
  • 0
  • comentários

A torcida do Palmeiras se sente representada com Luiz Felipe Scolari no banco de reservas da equipe. E se depender do treinador pentacampeão mundial, o mesmo vai acontecer com os atletas palestrinos. Em sua entrevista coletiva de apresentação, com a sala de imprensa da Academia de Futebol abarrotada, Felipão deu o primeiro recado aos jogadores.

"Não é só jogar futebol, tem que gostar de jogar futebol. Sabemos que quase ninguém aqui nasceu palmeirense, torcedor, mas estamos aqui para defender essas cores. Os jogadores têm contrato, devem gostar de trabalhar aqui, devem gostar dessa camisa. Vamos defender o Palmeiras até o fim. Vou respaldá-los de qualquer coisa, desde que tenha o retorno deles", afirmou Scolari.

Com o treinador, retorna ao clube não apenas a filosofia de entrega pela camisa que se veste, mas a mentalidade vencedora. Ainda sem ter comandado um treino no Maior Campeão do Brasil, Scolari aposta na força de seu elenco e não quer nem saber de priorizar competições.

"Não vamos priorizar. Temos três torneios e vamos disputar os três. Temos Campeonato Brasileiro até o fim do ano, Copa do Brasil e Libertadores tem que ganhar, senão você não continua. Não pode priorizar, tem que ganhar todas", disse o técnico, que assinou contrato até o final de 2020 com multa de apenas um mês salarial.

Felipão chegou a São Paulo apenas nesta sexta-feira, mas sua comissão técnica comanda os treinos da equipe desde a última segunda. Agora, Scolari viaja para Belo Horizonte, onde comandará o Alviverde diante do América-MG, às 16h (de Brasília), neste domingo, no estádio Independência.

"Contra o Bahia foi um jogo um pouco diferente. Assisti pela TV e falei com o Paulo (Turra) e com o (Carlos) Praccideli, mas a decisão tem que ser de quem está dentro e não de fora. Tivemos dificuldades, algumas oportunidades, e temos que fazer um bom jogo aqui com o Bahia para passar. O primeiro passo é contra o América-MG. As dificuldades que vou encontrar em Minas, irei conversar com o pessoal de fisiologia e ver como podemos enfrentar as três competições".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade