4 eventos ao vivo

Reunião deixa Clayson mais perto de sair do Corinthians para o Bahia

28 dez 2019
22h22
atualizado às 22h22
  • separator
  • 0
  • comentários

Ainda não foi dessa vez que o Corinthians acertou a venda de Clayson ao Bahia. Conforme a Gazeta Esportiva revelou, o atleta teve uma reunião neste sábado com seu empresário e advogados.

A negociação evoluiu, muitos pontos foram acordados e a conclusão das tratativas está perto do fim. "Agora é questão dos (departamentos) jurídicos trabalharem", disse uma pessoa envolvida nas conversas à reportagem.

Clayson tem contrato com o Corinthians até o fim de 2021 (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)
Clayson tem contrato com o Corinthians até o fim de 2021 (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)
Foto: Gazeta Esportiva

O empenho do Bahia, por meio do presidente Guilherme Bellintani e do diretor de futebol Diego Cerri, na intenção em levar Clayson para Salvador tem sido fundamental para o avanço do negócio.

O Tricolor está disposto a pagar cerca de R$ 3 milhões ao Corinthians por 20% dos direitos econômicos do atacante. Assim, o clube paulista manteria outros 20% e o Ituano continuaria dono dos 60% restantes.

A proposta é para um contrato com validade de três temporadas. O atual vínculo de Clayson com o Corinthians tem vencimento previsto para dezembro de 2021.

À época da contratação de Clayson, o Corinthians aceitou pagar R$ 3,5 milhões a Ponte Preta e ceder dois atletas: Claudinho e Léo Arthur.

A proximidade da inauguração de um novo e moderno centro de treinamento, a postura agressiva do Bahia no mercado para a temporada 2020 e, principalmente, a concordância sobre um aumento no salário foram os fatores que convenceram Clayson a aceitar a mudança de ares.

No Timão desde 2017, o atacante conquistou dois Paulistas, um Brasileirão e fez 14 gols em 143 jogos. Em 2019, foram 63 jogos, sete gols e nove assistências.

A relação com parte da torcida se desgastou nos últimos tempos, principalmente em meio a má fase da equipe no segundo semestre. A perda da titularidade e a ideia do clube em reforçar o setor são outros ingredientes que contribuíram para Clayson concordar em deixar o Corinthians.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade